AngolaDestaquesMúsicaSociedade

Homenagem ao grande artista congolês Franco no Ju Nkembo à Baixa de Luanda

A casa esteve a abarrotar de gente nesta homenagem a Franco e sua orquestra TP OK Jazz. O radialista Adão Filipe vai contar a história deste evento que arrastou imensos admiradores da música congolesa.

Intérpretes e músicos angolanos juntaram-se hoje numa homenagem a Franco, o ícone da música congolesa, que até hoje arrebata paixões e é venerado como um dos mais carismáticos artistas africanos de todos os tempos.

Teddy Nsingui, um guitarrista de mão cheia, que faz a história da música angolana (Foto: D.R.)

No palco da saudade desfila(ra)m nomes da música angolana no Ju Nkembo à Baixa de Luanda,  como Teddy Nsingi, guitarrista-mor da Banda Movimento, que empresta a sua voz e guitarra na interpretação e execução de melodias famosas de Franco e sua orquestra TP OK Jazz, além de Mila e a Banda FM.  Ricardo Lemvo aparece como cabeça de cartaz a abrilhantar a tarde de Luanda, com os seus hits tão conhecidos e admirados entre nós.

A viver nos Estados Unidos o líder da orquestra Makina Loka, é um intérprete experimentado na rumba congolesa e latina, além de se manifestar  um digno cultor das sonoridades angolanas, onde tem origens, através do seu pai, que é natural de MBanza Kongo.

A música é entre nós o ópio que nos faz transportar em ondas de sonho e prazer. (Nováfrica)

 

 

 

 

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close