Comunicação SocialDestaquesServiçosSociedade

Hoje é Dia Mundial dos Correios

Luanda - Comemora-se hoje, 9 de Outubro, o Dia Mundial dos Correios, data em que foi fundada a União Postal Universal (UPU), entidade que congrega correios de 191 países, e da assinatura do Tratado de Berna, em 1874.

Criada em Berna, Suíça, a UPU tem como missão integrar mundialmente os serviços postais e facilitar a comunicação entre os países associados, sem interferir nas políticas de cada Estado-membro.

A data é actualmente comemorada por vários países do Mundo porque os correios continuam a ter um papel importante na história das comunicações.

Os pioneiros da comunicação postal foram os chineses, mas os primeiros despachos por via aérea talvez tenham sido feitos pelos cretenses e fenícios, usando pombos e andorinhas.

O receio de que a correspondência fosse violada levou as pessoas a procurarem métodos secretos de comunicação.

Conta-se que, na Pérsia, um senhor rapou o cabelo do seu escravo, escreveu a mensagem sobre o couro cabeludo, esperou que o cabelo crescesse e despachou-o para o destinatário. Este só precisou de uma tesoura para ter acesso ao texto secreto.

Antigamente não era fácil ser “carteiro”, porque mesmo as maiores distâncias eram percorridas a pé e havia muitos salteadores. Por isso, só as pessoas importantes, como os reis, tinham mensageiros ao seu serviço.

Em Angola, existiam, até 1975, 364 Estações Telegrafo – Postais. No entanto, a partir de 1976, devido ao clima hostil das confrontações armadas, os serviços postais ficaram reduzidos a 108 Estações.

Neste momento, a rede postal nacional conta com 62 Estações reabilitadas para um total de 180 planificadas.

Angola encontra-se entre os países desfavorecidos no plano postal, pois que, para atender a uma população estimada em mais de 25.000.000 de habitantes distribuídos num território de 1.246.700 km2, só dispõe de 60 Estações, o que equivale a uma Estação por 275.862 habitantes e por 21.494 km2.

Esta tendência está longe de corresponder ao objectivo definido pelo UPU, que é de 3.000 a 6000 habitantes por estação e uma estação em 20 a 40 km2.

Deste modo, os novos desafios determinam uma nova missão para os Correios de Angola, assente na modernização e mudança organizacional, visando a melhoria de fiabilidade, segurança e rapidez dos seus serviços. (Angop)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close