AngolaDestaquesSociedade

Doze horas de chuva sobre Luanda deixam 250 famílias desalojadas

As chuvas que caíram hoje durante 12 horas consecutivas sobre a província angolana de Luanda provocaram mais de 140 inundações e o desalojamento de 250 famílias

De acordo com o porta-voz do Serviço de Proteção Civil e Bombeiros, Faustino Minguês, as zonas mais afetadas foram os municípios de Viana, Cacuaco, Talatona e Belas, segundo um balanço provisório dos bombeiros.

Foram registadas inundações em 148 residências, bem como em ruas, nalguns casos devido ao transbordo das bacias de retenção das águas.

Da ação dos bombeiros, Faustino Minguês realçou o desabamento de uma residência e o resgate de seis membros de uma família no interior de uma casa, no distrito urbano de Benfica.

O porta-voz do Serviço de Proteção Civil e Bombeiros referiu que estes são dados provisórios, contudo, é possível já assinalar uma melhoria do quadro comparativamente a outras épocas chuvosas.

“Temos vindo a verificar uma redução do que são os impactos negativos pelas chuvas. Se formos fazer a comparação dos dados relativamente nos últimos três anos, vamos de facto verificar que há uma redução em termos de residências inundadas e também no registo de vítimas mortais”, disse Faustino Minguês.

De acordo com o responsável, essa melhoria deve-se aos trabalhos realizados pelas comissões municipais no que diz respeito ao desassoreamento das manilhas e das linhas de passagem para permitir o escoamento das águas. (Plataforma/Lusa)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close