DestaquesSociedade

Dos mil alunos testados em Luanda quatro tiveram resultados positivos

Dos mil alunos das classes de exame (6ª, 9ª, 12ª e 13ª classes) testados na semana passada em 10 escolas do município de Luanda, apenas quatro tiveram resultados positivos, informou, ontem, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

No habitual encontro com jornalistas, no Centro de Imprensa Aníbal de Melo (CIAM), sobre a evolução da pandemia em Angola, Franco Mufinda disse que as quatro infecções representam uma taxa de 0,4 por cento dos mil alunos testados.
O secretário de Estado garantiu que todas as me-didas de saúde pública já foram accionadas pelo Gabinete Provincial de Saúde de Luanda para o controlo dos quatro casos.

Franco Mufinda apelou às famílias para procurarem as unidades sanitárias mais próximas em caso de sintomas como febre, tosse, dor de cabeça, irritação da garganta, perda de paladar e cheiro, dores articulares e musculares ou ainda diarreia.
De acordo com o secretário de Estado, a procura atempada de unidades sanitárias mais próximas ajudará os serviços de saúde a salvar vidas. “Vamos quebrar a vergonha e o medo para ajudar os profissionais de saúde na luta contra a Covid-19”, sublinhou.
Relativamente à evolução epidemiológica, Franco Mufinda informou que An-gola registou, nas últimas 24 horas, 192 novas infecções por Covid-19, três óbitos e a recuperação de 17 pacientes. Dos casos anunciados ontem, 171 foram registados em Luanda, 12 no Cuanza-Sul, quatro no Bengo, dois em Benguela, um na Huíla e igual número nas províncias do Huambo e Uíge.

Na capital do país, as infecções foram notificadas nos municípios de Belas, Cacuaco, Cazenga, Kilamba Kiaxi, Talatona, Viana e nos distritos urbanos da Maianga, Ingombota e Samba.De acordo com o secretário de Estado, os novos casos têm idades entre 10 e 77 anos, sendo 108 ho-mens e 84 mulheres. Em relação às mortes, duas ocorreram em Benguela e uma na província de Luanda, todos do sexo masculino. Trata-se de cidadãos nacionais de 63, 65 e 69 anos.
Com estes dados, o país soma 6.680 casos confirmados, dos quais 222 óbitos, 2.761 recuperados e 3.697 activos. Deste número, 13 estão em estado crítico a receber tratamento por ventilação mecânica invasiva, 19 em situação grave, 98 são considerados moderados, 440 têm sintomas leves e 3.697 assintomáticos.

O secretário de Estado informou que nos centros de tratamento da Covid-19, a nível do país, estão internados 591 doentes. Em quarentena institucional estão 355 cidadãos e 4.071 sob investigação epidemiológica.
Franco Mufinda referiu que 18 pessoas que estavam em quarentena institucional tiveram alta ontem, sendo 16 em Luanda e duas na província do Moxico. O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) registou 172 chamadas, todas relacionadas a pedidos de informação sobre a pandemia da Covid-19.
No capítulo de laboratório, nas últimas 24 horas foram processadas 2.713 amostras, das quais 192 foram positivas. Desde o início da pandemia no país foram processadas 120.869 amostras, sendo 6.680 positivas. (Jornal de Angola)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker