Sociedade

Deficientes visuais vão deixar de pagar água e luz

O Governo Provincial de Benguela vai ajudar alguns membros da Associação Provincial de Apoio aos Deficientes Visuais (APADV), com a isenção do pagamento de energia eléctrica e água potável, afirmou o governador Rui Falcão.

O governante, que falava durante uma visita à direcção da APADV, para aferir as dificuldades dos seus filiados, acrescentou que, nos próximos dias, o Governo vai criar um grupo de trabalho coordenado pela vice-governadora para o sector social, económico e político, Deolinda Valiangula.

“A equipa a ser criada vai analisar quem é e onde cada associado vive, para que o grupo da Acção Social possa fazer o levantamento, em coordenação com a equipa da Energia e Águas, e encontrar uma forma de isentar as suas casas do pagamento destes serviços”, explicou Rui Falcão.

Segundo o governador de Benguela, além do levantamento nominal, será preciso especificar o tipo de apoio para cada membro e, enquanto não houver uma viatura para entregar à instituição, o Governo vai ajudar a associação sempre que esta necessitar.

Sobre a saúde, o governador avançou que os deficientes terão direito a um cartão de acesso às unidades hospitalares, para que sejam atendidos com prioridade. A APADV tem registados 2.873 deficientes, dos quais 1.844 visuais e 1.029 com problemas motores e sensoriais. (Jornal de Angola)

 

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close