DestaquesSociedade

Bancos sem serviços financeiros para estudantes universitários

As instituições bancárias continuam com as "portas encerradas" para estudantes que pretendem obter crédito estudantil devido à falta de confiança de um trabalho que garante o reembolso do valor.

O decano da Faculdade de direito da UNIA diz que existem várias modalidades de reembolso.

As portas dos bancos comerciais continuam fechadas para os estudantes que procuram um empréstimo junto da banca para iniciar ou concluir os estudos universitários, através de um serviço criado para estudantes.

Segundo apurou o Expansão, numa ronda efectuada nos maiores bancos, tendo como referência os seus activos, como BAI, BPC, BFA, BIC, SOL, BNI e BCGA não têm serviços financeiro para crédito estudantil.

A ausência deste serviço dentro dos pacotes financeiros das instituições bancárias tem dificultado muitos estudantes que pretendem dar continuidade aos seus estudos, por não encontrarem muitas opções de apoio.

“Conhecemos muitos estudantes que já recorreram às instituições bancárias com o objectivo de conseguirem crédito para os seus estudos, mas infelizmente não obterão respostas satisfatórias porque não existe serviço específico para os universitários e, sem muitas opções, são obrigados adiar a conclusão dos estudos”, aponta o presidente da Associação do Estudantes Universitários Privados de Angola (EUPA).

Joaquim Costa também entende que muitos bancos não têm crédito estudantil com receio de que o reembolso não chegue a tempo. Mas, ainda assim, acredita que as instituições bancárias perdem, porque com a criação de pacotes de crédito estariam, na qualidade de parceiros do Estado, a promover a qualidade de ensino e a oportunidade de mostrar a capacidade de crescimento da instituição. (Expansão)

Por: Alexandre Lourenço

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close