DestaquesMundoSociedade

Americano morre a tentar provar que a Terra é plana

Chamavam-lhe "Mad Mike". Michael Hughes, um americano de 64 anos, morreu este sábado durante uma tentativa de demonstrar que a Terra é plana.

Michael Hughes morreu na sequência da explosão de um foguete que fabricou em sua casa, na Califórnia, noticiou o Science Channel, que pertence ao grupo Discovery Channel.

Hughes “morreu tragicamente durante a tentativa de lançamento do foguete que ele próprio tinha fabricado. Os nossos pensamentos e orações estão com a família e amigos durante este momento difícil”, disse o canal na sua conta no Twitter.

Com o patrocínio de várias empresas, Hughes, conhecido como “Mad Mike”, construiu um foguete movido a vapor, no seu jardim, com a ajuda de um amigo.

Em declarações à imprensa, disse que o seu objetivo era subir 1.500 metros acima do nível do mar para demonstrar que a Terra não é redonda, mas teria, antes, “a forma de um disco voador”.

Muitas pessoas estavam lá a testemunhar o acontecimento e divulgaram nas redes sociais imagens do lançamento do foguete, numa zona de deserto próxima da residência de Hughes, em Barstow, 180 km a nordeste de Los Angeles.

Nas imagens é possível observar como um paraquedas sai do foguete alguns segundos após a descolagem e a nave muda de direção, caindo algumas centenas de metros à frente.

“Este lançamento sempre foi um sonho e o Science Channel estava lá para contar a história”, declarou o canal norte-americano, que filmava o evento para uma nova série com o título “Homemade Astronauts” [“Astronautas amadores”]. (Diário de Notícias)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker