BRICSDestaquesMundoPolítica

Xi Jinping deseja chegar a acordo com os EUA “o mais rápido possível”

O presidente da China esteve ao telefone com Donald Trump e pediu um acordo "o mais rápido possível" com os EUA. Xi Jingping falou em "progresso" nas relações bilaterais entre os países.

O presidente da China afirmou, durante uma conversa telefónica com o presidente dos EUA, desejar que Pequim e Washington cheguem a um acordo benéfico o “mais rápido possível”, noticiou este domingo a agência noticiosa oficial Xinhua. Durante o telefonema entre Xi Jinping e Donald Trump, no sábado, Xi disse esperar que ambos os países trabalhem para um progresso estável nas relações bilaterais entre as duas maiores potências mundiais, de acordo com a Xinhua.

Na mesma ocasião, o presidente chinês declarou ainda que Pequim está comprometido na implementação dos acordos alcançados em inícios de dezembro, durante a cimeira do G20, na Argentina: os dois países selaram uma trégua de 90 dias, entre 01 de dezembro e 01 de março, que suspende as taxas alfandegárias dos Estados Unidos sobre os produtos chineses e as sobretaxas impostas pela China a viaturas e peças automobilísticas fabricadas nos Estados Unidos. Pequim comprometeu-se ainda com a retoma da compra de soja aos Estados Unidos e com a apresentação de um projeto de lei para proibir a transferência forçada de tecnologia.

Desde então, a China baixou as taxas alfandegárias sobre veículos importados dos EUA e recomeçou a comprar soja do país. Trump suspendeu o aumento, de 10% para 25%, nas taxas alfandegárias sobre 200.000 milhões de dólares (175.000 milhões de euros) de bens chineses. “Os laços bilaterais estão agora numa fase chave”, sublinhou Xi, segundo a Xinhua.

O líder chinês expressou ainda o seu desejo de fortalecer “intercâmbios e cooperação nos campos económico e comercial, policial, operações antidroga, questões regionais e culturais”, disse a agência estatal. Os principais líderes dos EUA e da China também discutiram a situação na península coreana. A esse respeito, Xi disse apoiar as novas conversações entre Washington e Pyongyang, e afirmou esperar que as mesmas obtenham resultados positivos.

No sábado, na sequência da conversa entre os dois líderes, Donald Trump, disse que houve “grandes progressos” nas negociações comerciais com a China, ainda que sem avançar muitos detalhes. “Acabo de ter uma longa e muito boa conversa [telefónica] com o presidente Xi [Jinping], da China. A negociação está a avançar muito bem. Se se concretizar, será muito abrangente, cobrindo todos os temas, as áreas e os pontos de disputa. Grandes progressos foram alcançados!”, comunicou Trump, através da sua conta na rede social Twitter. (Observador)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker