ÁfricaDestaquesGuiné-BissauPolítica

Umaro Sissoco Embaló promete medidas para provocar mudanças na Guiné Bissau

Umaro Sissoco Embaló chamou hoje os jornalistas ao palácio da República, para durante cerca de hora e meia, passar em revista os primeiros 100 dias da sua presidência. Disse que a Guiné-Bissau está mal, mas prometeu medidas enérgicas para provocar mudanças no país.

Tirando a covid-19 que o obrigou a se afastar até da própria mãe para evitar uma possível contaminação, Umaro Sissoco Embaló disse estar a correr tudo sobre rodas conforme o previsto desde o dia em que foi proclamado Presidente da Guiné-Bissau pela Comissão Eleitoral.

Embaló disse que apesar de tudo, a Guiné-Bissau é hoje como um doente em estado de coma que precisa ser reabilitado, reabilitação que vai começar pela ordem e disciplina no país, o que disse, passará pelo Estado começar a monitorar as comunicações entre os cidadãos.

Dentro de dez dias qualquer pessoa que insultar ou caluniar outrém na Guiné-Bissau, seja nos órgãos de comunicação social como nas redes sociais, será chamado pelos serviços da Inteligência a responder na justiça.

Sissoco Embaló anunciou que brevemente vai anunciar a data de um referendo constitucional para perguntar ao povo que sistema de Governo quer, vai propor a mudança de algumas leis essenciais, vai dotar o país de novas embaixadas e novos passaportes, vai inaugurar obras de construção de estradas e de um novo aeroporto internacional.

Todas estas ações serão feitas enquanto Presidente mas com o Governo de Nuno Nabian, que Sissoco Embaló garantiu não será demitido.

Embaló prometeu que a partir de 2021 ou logo após o fim da pandemia da covid-19 a Guiné-Bissau começará a respirar um novo ar.

De Bissau, o nosso correspondente, Mussa Baldé. (RFI)

Por: Mussá Baldé

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker