AngolaDestaquesPolíticaSociedade

Programa Logos mostra a saturação de Puto Prata contra a política angolana

Puto Prata está em Lisboa e apareceu em desabafo, na manifestação em Lisboa, contra a situação política no seu país. Fala na primeira pessoa, de problemas familiares desagradáveis, que contribuíram para a sua nova forma de pensar Angola. A morte da sua mãe produziu em si um trauma, que se reflecte no seu actual estado de espírito.

A manifestação silenciosa em protesto contra a situação política no país foi contrariada pela denúncia do Presidente da República, João Lourenço, contra os chamados marimbondos, que através dos seus canais clandestinos, procuram dificultar a acção depurativa do actual Presidente, contra a corrupção, a principal bandeira do seu consulado.


Trata-se de uma cruzada que segundo afirma vai continuar, o que nos próximos tempos, pressagia uma acção mais enérgica, incluindo membros do actual elenco governamental, que não dão provas de alinhamento às políticas defendidas pelo Chefe de Estado.

Puto Prata, um activista das causas sociais em Angola exprime a desilusão que o atormenta, sobretudo depois da morte da sua mãe e o impacto psicológico causado à sua personalidade. (Nováfrica)

Por: José Pedro

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close