ÁfricaDestaquesPolítica

Presidente senegalês na conferência mundial sobre oceanos de Oslo

O chefe do Estado senegalês, Macky Sall, deixa Dakar esta segunda-feira para Oslo, a capital da Noruega, para participar na sexta conferência mundial sobre a proteção dos oceanos, a realizar-se de 23 a 24 de outubro corrente no local, soube a PANA de fonte oficial.

Esta conferência reunirá vários chefes de Estado e de Governo, empresários, representantes da sociedade civil e de instituições de pesquisa para “partilharem as suas experiências, identificarem soluções e comprometerem-se a agir para oceanos limpos, sãos e produtivos”, indica a mesma fonte.

Segundo organizadores, a reunião também  permitirá estabelecer parcerias entre os Governos, as indústrias, a ciência e a sociedade civil, ao excutar conhecimentos, a tecnologia e as finanças para enfrentar os desafios do oceano e favorecer uma coordenação entre a proteção e a utilização sustentável, a fim de o oceano poder continuar a responder às necessidades das gerações futuras

De Oslo, o Presidente Sall deslocar-se-á a Sotchi, na Rússia, a fim de tomar parte na primeira cimeira Rússia-África, a decorrer a 24 de outubro corrente.

Este encontro, que reunirá líderes das duas partes, será copresidido pelos chefes de Estado Russo, Vladimir Putin, e egípcio, Abdelfattah al-Sissi, sendo este último igualmente Presidente em exercício da União Africana (UA).

“A cimeira Rússia-África representa a primeira reunião deste nível na história das relações, russo-africanas, e foram convidados para este encontro  todos os chefes de Estado do continente africano, bem como dirigentes das maiores organizações e associações da região”, precisam os organizadores do evento.

Paralelamente à cimeira, realizar-se-á, de 23 a 24 de outubro corrente, ainda em Sotchi, um fórum económico Rússia-África, que agrupará chefes de Estado africanos e representantes dos meios de negócios e dos serviços públicos russos, africanos e internacionais, bem como organizações de cooperação do continente africano.

“A realização do fórum será uma etapa estratégica conducente à reunião de condições favoráveis para o desenvolvimento das relações económicas e comerciais entre a Federação Russa e os países de África. Ele também permitirá promover diversas formas e orientações de cooperação russo-africana”, sublinha os organizadores. (Panapress)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close