ÁfricaCoronavírus-Covid19DestaquesPolítica

Mali decreta recolher obrigatório para conter coronavírus

O Presidente maliano, Ibrahima Boubacar Kéita, decretou um recolher obrigatório em todo o território nacional, a partir desta quinta-feira 26 de março, das 21:00 às 05:00 horas locais, após o aparecimento terça-feira última no país dos dois primeiros casos de coronavírus.

Numa alocução pronunciada quarta-feira à noite na televisão nacional, o Presidente Kéita anunciou o encerramento das fronteiras terrestres, exceto para o transporte das mercadorias, nomeadamente dos produtos alimentares de primeira necessidade.

« É o preço a pagar para evitar no Mali uma tragédia”, explicou o Presidente maliano que confirmou que as eleições legislativas se realizarão efetivamente a 29 de março corrente (primeira volta) e a 19 de abril próximo (segunda volta), em conformidade com uma recomendação do Diálogo Nacional Inclusivo, organizado de 14 a 22 dezembro de 2019 em Bamako.

Ele também anunciou o não fecho dos mercados insistindo na tomada em consideração das medidas barreiras a observar para evitar a propagação da doença.

O Governo fará o seu possível para conter o coronavírus, garantiu o Presidente maliano, exortando os seus compatriotas a respeitar as medidas adotadas para lutar contra a pandemia. (Panapress)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ver também

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker