AngolaDestaquesPolítica

João Lourenço diz que estão criadas as condições para a realização das eleições autárquicas ainda este ano

João Lourenço assegurou hoje que com a eleição do novo presidente da Comissão Nacional Eleitoral estão criadas as condições para a realização das eleições autárquicas ainda este ano.

O também Chefe de Estado, que falava na abertura da III Sessão ordinária do Comité Central do MPLA, garantiu ainda que Angola está preparada para enfrentar o coronavírus e que nas próximas 24 horas o País será informado sobre as medidas tomadas pelo Governo.

Lourenço, que saudou a eleição de Adalberto Costa Júnior, disse ainda que está aberto ao diálogo com a UNITA, maior partido da oposição, e com todas as outras forças políticas, para encontrar soluções para o País e reforçar a união nacional.

João Lourenço, que falava na qualidade de líder do MPLA, lembrou que a pandemia do novo coronavírus, o Covid-19, não constitui apenas uma séria ameaça à saúde pública mundial, mas também às economias dos países à escala planetária.

“Em pouco mais de dois meses a economia mundial foi seriamente atingida, as principais indústrias foram profundamente afectadas, o número de empresas temporariamente afectadas ou a trabalhar muito abaixo das capacidades instaladas já é grande e com prejuízos enormes”, disse.

“O preço do petróleo bruto nunca tinha conhecido uma queda tão abrupta, em tão curto espaço de tempo, como nestes dias. Todas as economias do mundo, grande e pequenas, produtores e não produtores de petróleo, se ressentem, e cresce a incerteza no futuro mais próximo”, declarou João Lourenço, apontando a necessidade de serem “repensadas, revistas e ajustadas” as previsões económicas, face à “inesperada e desfavorável circunstância”.

“Sem, contudo, abandonar os grandes compromissos para com os cidadãos, o país e as instituições financeiras internacionais, que certamente nos ajudarão a atravessar mais este desafio”, expôs.

“O momento é de trabalho e de luta e não de lamentações. Que o debate público seja realizado com este espírito de luta, mas com optimismo, com esperança em dias melhores, pois o sucesso depende sobretudo do trabalho abnegado de cada um e da vontade colectiva de toda a sociedade”, concluiu.

De acordo com João Lourenço, apesar de o País continuar sem registo de caso positivos de coronavírus, as autoridades sanitárias estão a reforçar as medidas de prevenção e vigilância epidemiológica e sanitária nas zonas fronteiriças angolanas, tendo em atenção o aumento de casos no mundo. (Novo Jornal)

 

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker