DestaquesPolíticaVideos

João Lourenço desafia José Eduardo dos Santos a denunciar corruptos em Angola

A poucos dias da visita oficial a Portugal, o presidente de Angola garante que o governo está a trabalhar de forma significativa no combate à corrupção. João Lourenço desafia José Eduardo dos Santos a denunciar corruptos. (Sic Notícias)

VIDEO DA ENTREVISTA PUBLICADA PELO SEMANÁRIO EXPRESSO A 17-11-2018 (Sic Notícias)

A entrevista que o Presidente João Lourenço concedeu ao semanário Expresso continua a suscitar os mais díspares comentários na opinião pública nacional e internacional. Os temas abordados neste trabalho de grande alcance político ajudam a compreender o cenário de mudança que se opera em Angola, após as eleições que permitiram a sua ascensão ao poder há um ano.

A peça jornalística traça as metas da agenda do presidente angolano e a sua visão de poder para Angola, um país governado até então,  numa perspectiva monolítica, em que a exclusão social e económica muito contribuíu para o actual estado de coisas que se verificam na sociedade angolana.
João Lourenço na sua estratégia de governação pretende abrir novas alas que permitam uma participação mais ampla dos actores sociais e económicos, independentemente da sua opção política e ideológica.

Trata-se de uma linha de pensamento que levará Angola a cimentar os alicerces da unidade nacional, tal como terá sido gizada do ponto de vista ideológico pelo partido maioritário em Angola.

A corrupção, o clientelismo, a indisciplina financeira, as falsas opções económicas permitiram o florescimento de uma elite de políticos que se locupletou das reservas financeiras do país, a bel prazer, tornando-se nos principais beneficiários das políticas públicas aprovadas pelo Executivo. O país foi retalhado e entregue aos novos latifundiários que reclamavam a terra, como uma conquista da sua argúcia, enquanto detentores de um poder conquistado por efeito da sua bajulação primária ao então titular do poder executivo. A galinha de ovos de ouro não podia permanecer a brilhar por muito tempo em seara alheia. E tudo acontece agora como a imensa maioria deseja.

João Lourenço surge em boa hora e representando os ícones da bandeira nacional está numa batalha titânica que consiste em corrigir o que está mal e melhorar o que está bem. E vai consegui-lo pois o mundo segue-o e aplaude o seu sentido universal de humanismo e boa liderança. (Nováfrica)

Por: Carlos Costa

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker