AngolaDestaquesDOSSIER CORRUPÇÃOEconomiaPolítica

Isabel dos Santos mudou-se para o paraíso fiscal do Dubai

Empresária mudou-se Luanda para o Dubai e optou por cidadania russa, avança o Expresso. Isabel dos Santos não respondeu ao jornal mas reagiu hoje no Twitter: "Isso não é notícia"

A empresária angolana Isabel dos Santos mudou de residência para o Dubai no ano passado e passou a assumir cidadania russa, segundos os documentos depositados no registo comercial de Malta que o semanário português Expresso consultou.

O Dubai é um dos mais conhecidos paraísos fiscais do mundo. Na Finisantoro Holding (sociedade de Malta que detém parte do banco EuroBic) o advogado português Jorge Brito Pereira apresentou em novembro o registo de alteração de dados dos acionistas, Isabel dos Santos e o marido, Sindika Dokolo. Passaram a ter morada profissional na Almas Tower, um arranha-céus no Dubai. E meses antes, o mesmo advogado tinha depositado no registo de Malta uma outra alteração na Kento Holding (que detém parte da posição de Isabel dos Santos na operadora de comunicações NOS): desde junho, pelo menos, que Isabel dos Santos e Sindika Dokolo vivem na luxuosa área de Jumeirah Bay, no Dubai.

Na rede social Twitter, Isabel dos Santos reagiu hoje a estas revelações: “Jornal Expresso de Portugal, você sugere que alguém vá mentir numa declaração fiscal e dizer que reside em Angola? As pessoas sabem que Isabel dos Santos está fora de Angola há muito tempo. A razão: #perseguição política a família de #JES. Isso não é notícia”.

Segundo a mesma notícia do Expresso, Isabel dos Santos, que tem mãe russa, é acusada pelo Tribunal Provincial de Luanda de ter tentado transferir 10 milhões de dólares para a Rússia, através do general Leopoldino Nascimento. A empresária já afirmou que isso é falso.

Na decisão que determinou o arresto dos seus bens pode ler-se que a empresária e o marido estão ausentes de Angola e “a residir entre Lisboa e o Reino Unido”. O Expresso questionou a empresária sobre o porquê de ter escolhido o Dubai mas não obteve resposta. (Plataforma)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close