CooperaçãoDestaquesEconomiaPolítica

FIDA assegura USD 200 milhões para Agricultura e Pescas

Luanda - O presidente do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), Gilbert Fossoun Houngbo, anunciou nesta quinta-feira um financiamento para Angola na ordem dos 200 milhões de dólares, para os sectores das Pescas e da Agricultura.

O anúncio foi feito, em Luanda, no final de uma audiência que lhe foi concedida pelo Presidente da República, João Lourenço.

Com essa acção o FIDA pretende contribuir para a implementação do programa do Executivo de luta contra a pobreza e para o desenvolvimento das zonas rurais, por via da Agricultura, das Pescas e da Pecuária.

Gilbert Fossoun Houngbo está em Angola para avaliar o grau de execução dos programas do sector financiados pelo fundo.

A organização, criada a 30 de Novembro de 1977, desenvolve no país projectos avaliados em 250 milhões de dólares.

Entre os projectos destaca-se o de apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar (SAMAP), em curso nas províncias do Cuanza Sul e Huíla, com um financiamento de 38,8 milhões de dólares, que beneficia 60 mil agricultores familiares.

Presidente da República, João Lourenço(À diretita) recebe presidente do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola, Gilberto Fossoun Houngbo. (Foto: D.R.)

Deste valor, USD 28,8 milhões são financiados pelo fundo, 8,2 milhões de dólares pelo Governo angolano e 1,1 milhões de dólares de participação dos beneficiários.

Na tarde desta quinta-feira, o Chefe de Estado angolano recebeu, também, em audiência o antigo senador japonês, Tetsuro Yano, com quem tratou de questões ligadas à cooperação entre os dois países.

O político nipónico disse que transmitiu um convite ao Presidente João Lourenço para visitar o Japão, em Agosto de 2019, e participar na Conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento de África (TICADD). (Angop)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close