DestaquesDOSSIER CORRUPÇÃOPolítica

“Está escancarada a única razão de viver de JL: perseguir JES”, diz Tchizé dos Santos

Filha de José Eduardo dos Santos acusa João Lourenço de difamar a famíla do seu antecessor, “o que é feio”

A filha do antigo Presidente angolano José Eduardo dos Santos, Welwitschia “Tchizé” dos Santos, reagiu à entrevista concedida por João Lourenço ao Wall Street Journal, publicada no domingo, 11, na qual disse que cerca de 24 mil milhões de dólares foram desviados de Angola durante a anterior gestão.

Em comentários feitos nas rede sociais nesta segunda-feira, 12, em que cita vários extractos da entrevista, “Tchizé” dos Santos escreve que “a opinião de alguns críticos é que o Presidente angolano João Lourenço fez a entrevista a falar mal dos dois filhos mais velhos de JES nos EUA para abafar o caso do São Vicente e o do Edeltrudes, mas o mundo está atento e a ver tudo”.

Mais à frente ela afirma que “difamar assim é muito feio” e, repete, “não citou o Edeltrudes e os 900 milhões São Vicente por quê?”

Depois de publicar quase na íntegra a entrevista, em inglês, Tchizé dos Santos conclui que “está escancarada a única razão de viver de JL: perseguir JES”, mas sublinha “o mandato que o povo lhe deu foi para governar e não para ser juiz ou carcereiro do JES, família e associados”.

A filha do antigo Presidente afirma que João Lourenço está a “falhar com o povo enquanto PR” e, em vez de fazer o seu trabalho, “só vive falando mal de JES e família internacionalmente”

A deputada do MPLA com mandato cassado acusa o Presidente de ter “violado com a sua postura a Constituição, substituindo-se à justiça e acusando cidadãos individuais, uma das quais (Isabel dos Santos nunca foi condenada em nenhum tribunal angolano, país que o Dr. João Lourenço governa)”.

Como consequência desta atitude, ainda segundo Tchizé dos Santos, “a imprensa internacional fala da antiga família presidencial no plural como tendo desviado 24 bilhões, acusação que inclui mais de 50 indivíduos, causando a difamação inclusive de crianças, meus filhos menores!!

“Isso é uma violação à Constituição da república e dos direitos humanos”, aponta a filha de José Eduardo dos Santos, que remata: “Depois dizem que a Tchizé quando reclama é porque está contra o PR”.

As denúncias de Lourenço

Na primeira parte de uma entrevista àquele jornal americano, João Lourenço afirmou que durante o regime de José Eduardo dos Santos houve um prejuízo de 23.790 milhões de dólares e desse total 13.520 milhões foram retirados “através de contratos fraudulentos com a Sonangol”, cinco mil e 90 milhões das companhias de diamantes Sodiam e Endiama e “os restantes 5.190 milhões de outros setores e companhias públicas”.

Ele acrescentou que o Estado já recuperou 4.900 milhões de dólares “em numerário e bens”, sendo 2.710 milhões em dinheiro vivo e 2.190 milhões em propriedades, fábricas, terminais portuários, estações de televisão e rádio “em Angola, Portugal e Brasil”. (VOA)

Tags
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker