AngolaDestaquesRegiões

Lançado concurso público para plataformas logísticas

O ministro dos Transportes, Ricardo Viegas D’Abreu, procedeu, ontem, na cidade do Soyo, província do Zaire, ao lançamento do concurso público internacional para a concessão, construção, exploração e gestão comercial das plataformas logísticas do Soyo e Luvo.

De acordo com os dados apresentados pela directora comercial da Agência Reguladora de Certificação de Carga e Logística de Angola (ARCCLA), Maria de Lurdes Bravo, a plataforma logística do Soyo, importante ponto fronteiriço do Norte de Angola, terá 15 hectares, estando localizada nas proximidades da Estrada Nacional 100, de ligação à cidade de Luanda.

O plano de infra-estruturas, avaliado em 24 milhões de dólares, inclui a construção de seis entrepostos, sendo cinco de temperatura ambiente e um de temperatura controlada, parque de contentores, parque de estacionamento de viaturas pesadas e diferentes armazéns, oficinas de reparação, posto de abastecimento de combustível e edifícios de serviços administrativos e de comércio.

Região fronteiriça do Luvo, no Norte de Angola (Foto: D.R.)

Terá também um porto seco, com 25 hectares, a ser construído na área do campo oito, arredores da cidade. Infra-estruturas similares serão construídas na plataforma logística da comuna fronteiriça do Luvo, município de Mbanza Kongo, cujo investimento para sua operacionalização está avaliado em 37 milhões de dólares norte-americanos, disse, sublinhando que o prazo da entrega das candidaturas vai até 4 de Abril de 2022.

Ao intervir, o ministro dos Transportes referiu que a diversificação da economia angolana é uma das principais apostas do Executivo, para o crescimento equilibrado e integrado do país, por via do investimento e exploração das várias valências que Angola possui, em vários domínios, como das energias renováveis, agricultura, turismo, exploração de minerais raros, transportes, logística, entre outros. (Jornal de Angola)

Tags
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker