DestaquesDOSSIER CORRUPÇÃORegiões

Antigo director da Educação e outros dirigentes em julgamento em Malanje

O Tribunal Provincial de Malanje, continua a julgar o antigo director do Gabinete Municipal da Educação de Malanje, Cununa José Oficial Jungo, detido por crime de peculato e tráfico de influência em Outubro do ano passado.

O antigo dirigente é acusado de ter desviado de carteiras num valor que ascende a 889.939 kwanzas, pouco mais de 2.600 USD ao câmbio actual.

Como co-autores estão Mário da Piedade Pires Delgado, director-geral do colégio Amílcar Cabral, e os cidadãos Luciano Barroso e Joaquim Luís Baião.

Também estão arrolados no processo, o segundo secretário provincial do MPLA, Milagre José Clemente, Tunga Moisés e Isabel da Silva Gonçalves, que incorrem na prática de crime de tráfico de influências.

“Os réus agiram de modo livre e consciente, sabiam que as suas condutas eram proibidas por lei, mas, ainda assim, não se abstiveram de as praticar”, disse numa das audiências o juiz José Catraio Lourenço, citado pelo VOA. (Vanguarda)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close