DestaquesNacionalSaúde

Província regista novos casos de tuberculose

A ministra da Saúde manifestou-se, no sábado, em Ondjiva, preocupada com o surgimento de novos casos de tuberculose a nível das unidades sanitárias.

Sílvia Lutucuta, que se deslocou ao Cunene em visita de trabalho, considerou preocupante o surgimento de novos casos de tuberculose, visto que o programa tem medicamentos suficientes para dar resposta aos casos.

“Os números demonstram que em 2018 a província do Cunene notificou 1.802 casos de tuberculose, 177 ocorrências de abandono de terapia e 53 mortes, contra os 986 casos registados em 2017”, precisou a governante.

A par da tuberculose, a ministra da Saúde disse haver preocupação com o VIH/Sida, sendo o Cunene a província com maior seroprevalência da doença, actualmente com uma taxa de 6. 1 por cento.
“O ponto focal local do VIH/Sida no Cunene tem feito o seu trabalho, mas é necessário redobrar em alguns aspectos, como a capacidade técnica de diagnóstico dos técnicos e o aumento dos equipamentos para o doseamento da carga viral dos doentes”, disse a ministra.

Sílvia Lutucuta visitou o Hospital Geral de Ondji-va e deslocou-se ontem ao município de Namacunde, a 35 quilómetros de Ondjiva, onde visitou o hospital municipal e manteve encontros com as autoridades locais. (Jornal de Angola)

 

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close