DestaquesEconomiaNacionalServiçosTransportes

Primeira aeronave da nova frota da TAAG chega hoje ao país

A operadora aérea de bandeira, com a logomarca renovada, promete baixar estrutura de custos da passagem nas viagens domésticas com o auxílio da nova frota tipo Dash-8 de fabrico canadiano.

Com entrada em operação da nova frota de aeronaves do tipo Dash-8400, a partir de Julho, a TAAG, Linhas Aéreas de Angola, prevê reduzir os preços dos bilhetes de passagem domésticos, segundo o Presidente da Comissão Executiva (PCE), Rui Carreia. De acordo com Rui Carreia, que falava em conferência de imprensa, neste Sábado, por ocasião da apresentação da nova logomarca da empresa e das valências das seis aeronaCom entrada em operação da nova frota de aeronaves do tipo Dash-8400, a partir de Julho, a TAAG, Linhas Aéreas de Angola, prevê reduzir os preços dos bilhetes de passagem domésticos, segundo o Presidente da Comissão Executiva (PCE), Rui Carreia.

De acordo com Rui Carreia, que falava em conferência de imprensa, neste Sábado, por ocasião da apresentação da nova logomarca da empresa e das valências das seis aeronaves turbo-hélice recentemente adquiridas, os aparelhos com baixo custo de operacionalidade vão ser o factor decisivo para a redução das tarifas dos bilhetes.

Conforme Rui Carreira, a diversificação da frota da companhia, combinada com a redução dos custos operacionais, visa a extensão do acesso aos voos domésticos a pessoas de baixa renda e a abertura de novas rotas domésticas sustentáveis. Por sua vez, o diretor comercial da TAAG, Carlos Von Hafe, garantiu que o custo de operação deste tipo de aeronave atinge uma redução de cerca de 30 por cento, uma diferença que se refletirá directamente no preço final dos bilhetes de passagens domésticos.

De acordo com o responsável da área comercial, a primeira aeronave começa a operar na segunda semana do mês de Julho, reforçando as rotas Luanda/Dundo/ Saurimo/Luena e Menongue, com projecções de novas rotas. “Uma outra vantagem dessa nova frota é o aumento da frequência de voos para os habituais destinos e, numa segunda fase, na abertura de novas rotas domésticas e regionais”, enfatizou. Carlos Von Hafe explicou que o processo de recepção das aeronaves das seis é progressivo e que fica completo até ao final do corrente ano.

A Dash-8400 turbo hélice é uma aeronave moderna, com 74 lugares dos quais 10 em classe executiva. É de fabrico canadiano da Havilland of Canada Limited.ves turbo-hélice recentemente adquiridas, os aparelhos com baixo custo de operacionalidade vão ser o factor decisivo para a redução das tarifas dos bilhetes. Conforme Rui Carreira, a diversificação da frota da companhia, combinada com a redução dos custos operacionais, visa a extensão do acesso aos voos domésticos a pessoas de baixa renda e a abertura de novas rotas domésticas sustentáveis.

Por sua vez, o diretor comercial da TAAG, Carlos Von Hafe, garantiu que o custo de operação deste tipo de aeronave atinge uma redução de cerca de 30 por cento, uma diferença que se refletirá directamente no preço final dos bilhetes de passagens domésticos. De acordo com o responsável da área comercial, a primeira aeronave começa a operar na segunda semana do mês de Julho, reforçando as rotas Luanda/Dundo/ Saurimo/Luena e Menongue, com projecções de novas rotas. “Uma outra vantagem dessa nova frota é o aumento da frequência de voos para os habituais destinos e, numa segunda fase, na abertura de novas rotas domésticas e regionais”, enfatizou.

Carlos Von Hafe explicou que o processo de recepção das aeronaves das seis é progressivo e que fica completo até ao final do corrente ano. A Dash-8400 turbo hélice é uma aeronave moderna, com 74 lugares dos quais 10 em classe executiva. É de fabrico canadiano da Havilland of Canada Limited.

Relativamente à marca TAAG, avançou que sofreu algumas alterações, sendo que o fundo de cor laranja deu lugar ao vermelho, a fonte da palavra TAAG deixa se ser negrita e a Palanca Negra surge com linhas mais finas no seu circular. Perante a nova frota, a empresa capacitou, em Novembro último, 72 técnicos de manutenção, 42 pilotos, 36 comissários de bordo e quatro oficiais de operações de voo, com formadores da Flytah (Canadá) e da Ethiopian Arlines, com sessões práticas “on job”.

A TAAG atende actualmente mais de 12 destinos domésticos e vários internacionais, em África, na América do Sul, do Caribe, na Europa e na Ásia, com uma frota de 10 aviões, quatro do tipo 737- 700, seis 777-300 e 777-200. A primeira viagem no novo avião Segundo um site especializado, a construtora de aviões De Havilland Canada entregou Sexta-feira, dia 26 de Junho, a primeira das seis aeronaves Dash 8-400 à TAAG – Linhas Aéreas de Angola.

O novo avião, que viaja sob o número de registo C-GKXM do Canadá, chega a Luanda hoje (Segunda-feira), depois de uma viagem iniciada na manhã de Sábado, dia 27, com escalas em St. John’s, na Terranova (Canadá), e na ilha de Santa Maria, no arquipélago português dos Açores, onde a tripulação pernoitou. Domingo descolou para Nouakchott, na Mauritânia antes de empreender a etapa final, com destino a capital angolana, estando prevista a chegada ao Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro hoje, 29 de Junho.

Após a chegada haverá uma cerimónia oficial, com a presença do ministro dos Transportes, Ricardo Viegas Abreu, e de responsáveis pela gestão da companhia aérea, entre outras entidades relacionadas com o sector aeronáutico em Angola.

A aeronave será desalfandegada em Angola, e deverá receber o registo D2-TFA. A encomenda dos novos aviões regionais da TAAG foi divulgada a 18 de Junho de 2019 na cerimónia de assinatura no salão aeronáutico internacional ‘Paris Air Show’, em França, com a presença de Ricardo Viegas Abreu, ministro dos Transportes de Angola, David Curtis, presidente da empresa de leasing de aeronaves Longview Aviation Capital e de Todd Young, Director de Operações da De Havilland Canada. (O País)

 

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker