DestaquesEducaçãoEmpresasNacional

MultiChoice com candidaturas abertas para a Academia MTF 2019

A MultiChoice Talent Factory (MTF), uma iniciativa pan-africana de valor partilhado da MultiChoice África que oferece uma plataforma para as indústrias criativas desenvolverem o seu talento e se envolverem uns com os outros através das suas paixões, anuncia a abertura oficial das candidaturas a todos cineastas emergentes de 13 países africanos, com alguma experiência na indústria ou com qualificação pós-escolar em cinematografia.

Destinada a impulsionar a indústria criativa africana através da realização de filmes e TV, a MTF Academy afirma ser esta uma fantástica oportunidade de aperfeiçoamento das competências cinematográficas e televisivas sob orientação e tutoria de especialistas do sector.

Sessenta estudantes serão seleccionados para fazerem parte do muito procurado e totalmente financiado programa de formação, com duração de um ano, nos três centros da academia localizados na África Austral (Lusaka, Zâmbia), África Oriental (Nairobi, Quénia) e África Ocidental (Lagos, Nigéria), chefiados por líderes da indústria do cinema em África, Berry Lwando, Njoki Muhoho e Femi Odugbemi, respectivamente, citados no comunicado enviado ao ONgoma News.

Para candidatar-se à Academia MTF, então, os interessados devem ser fluentes na língua inglesa, visitar o site www.multichoicetalentfactory.com antes de 14 de Junho de 2019 e seguir, posteriormente, os passos.

Os 60 alunos (20 de cada região) serão seleccionados de 13 países africanos onde a MultiChoice opera, para um programa de duração de um ano que irá ter início em Outubro de 2019.

O documento informa ainda que os 13 Mercados elegíveis para a candidatura incluem a África Ocidental (Nigéria, Gana), África Oriental (Etiópia, Quénia, Uganda, Tanzânia) e África Austral (Zâmbia, Zimbabwe, Botswana, Namíbia, Malawi, Angola e Moçambique).

Em destaque, como parte do programa, os jovens cineastas recebem formação e experiência prática na indústria do cinema, com foco na narração de histórias, produção, som, realização e outras áreas fundamentais.

As academias oferecem ainda aos estudantes uma oportunidade de aprenderem directamente com especialistas da indústria, trabalhar em live sets de produções televisivas e criar conteúdos originais, que serão transmitidos em vários canais locais da M-Net, por todas as plataformas da MultiChoice/DStv, pela GOtv e pela Showmax.

Ainda de acordo com o comunicado, as academias da MTF incluíram a Turma de 2018 em imersões reais na indústria, como, por exemplo, envolveram os estudantes do Quénia em trabalhos de produções como o reality show musical Coke Studio, Pambio, Turn-Up e a popular telenovela suaíli Selina.

Na Nigéria, os estudantes adquirem experiência em séries emocionantes como Battleground, The Johnsons, Tinsel e Flatmates, que é uma comédia de situação, enquanto na Zâmbia, a turma trabalhou no reality show Date My Family, no programa musical Top ZED e na série dramática Chintelelwe.

Além disso, os estudantes tiveram ainda a oportunidade de ganhar experiência prática em programas da SuperSport e apresentar os seus projectos de final de semestre a executivos de canais da MultiChoice.

Como parte do investimento da MultiChoice Africa no desenvolvimento das indústrias criativas de África, a MTF, em 2019, ampliou o seu compromisso introduzindo a série MTF Masterclasses, destinada a fornecer mais competências a profissionais da indústria, oferecendo acesso a workshops práticos liderados por especialistas em vários países.

Em Março, a iniciativa implementou o MTF Portal, www.multichoicetalentfactory.com, um destino interactivo On-line que reúne talento e oportunidades numa mesma plataforma para os criativos africanos se conectarem e estarem em rede uns com os outros. (ONgoma News)

Por: Andrade Lino

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ver também

Close
Close