DestaquesEconomiaNacional

Inflação acumulada desacelerou em Abril para mínimos dos últimos três anos

Em Abril os preços a nível nacional subiram 1,05%. A inflação acumulada nos últimos 12 meses diminuiu, passando de 17,56% para 17,36%, o valor mais baixo desde janeiro de 2016.

O ritmo do aumento do custo de vida a nível nacional aumentou 1,05% entre Março e Abril, valor que coloca a inflação acumulada em 17,36%, o valor mais baixo dos últimos três anos, indicam os dados do relatório mensal do Instituto Nacional de Estatística (INE) publicado esta semana.

De acordo com as contas do Expansão, com base no Índice de Preços do Consumidor do INE referentes ao mês de Abril, sobre o comportamento da inflação, é preciso recuar a Janeiro de 2016 para encontrar a taxa de inflação acumulada mais baixa. Em termos nacionais, indica o INE, a subida dos preços em Abril desacelerou 0,04 pontos percentuais face os 1,09%, enquanto a variação homóloga (a inflação que compara os preços do mês de um determinado ano com o mesmo mês do ano anterior) fixou-se nos 17,3% no mesmo período.

A ligeira desaceleração da subida dos preços no consumidor a nível nacional é incomparável com o pico da inflação mensal registada em Julho de 2016, quando, no espaço de um mês, segundo o INE, os preços aumentaram uma média de 4,2%, enquanto a homóloga rondou os 33,7%.

Os dados do INE, indicam que as classes que registaram o maior aumento no ritmo dos preços em Abril, a nível nacional, foram a classe “Habitação, Água, Electricidade e Combustíveis”, com uma taxa a rondar os 1,5%. (Expansão)

Por: Martins Chambassuco

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close