AngolaDestaquesMobilidadeNacionalTransportes

Grupo Caetano investiu um milhão e é o novo representante da Renault Trucks em Angola

O Grupo Salvador Caetano é doravante o importador e distribuidor oficial dos camiões Renault Trucks em Angola, um investimento de mais de um milhão de euros que relança a marca francesa no país africano.

O contrato de distribuição, por via da Caetano Angola, foi assinado em janeiro passado e a sua implementação representa um investimento de mais de um milhão de euros, cuja metade serviu para a construção e apetrechamento das instalações para albergar o pós-venda e as oficinas especializadas, em Luanda.

“A primeira expectativa é satisfazer as pessoas que já são clientes da Renault Trucks, sabemos que houve aqui um interregno, e nós queremos recuperar e fazer outros clientes, e esperamos que as pessoas sintam que a Renault está aqui novamente com elas”, afirmou hoje administrador-delegado do Grupo Caetano Angola, Fernando Leite.

Em declarações na cerimónia de apresentação oficial da marca francesa, Fernando Leite estimou a venda de cerca de 50 camiões em 2023, admitindo, no entanto, que a meta seria difícil, apesar das experiências que a empresa traz para Angola.

Ter a Renault Trucks presente em todas as províncias de Angola constitui também uma das metas da Caetano Angola, cujo administrador-delegado diz estar preparado para conviver com a concorrência, sobretudo a chinesa.

“Temos que conviver, é o mercado, eles estão aí, temos que fazer o nosso melhor, nós ganhamos quota no mercado e se fizermos um trabalho melhor nós temos um melhor produto”, respondeu Fernando Leite à Lusa.

O vice-presidente da Renault Trucks África, Cyril Barrile, manifestou-se satisfeito com o regresso da marca francesa em Angola, um mercado “cujo potencial de crescimento é animador”.

“Acreditamos que em conjunto iremos longe na parceria que hoje aqui apresentamos e que o investimento feito por ambas as partes terá um retorno positivo”, sublinhou o investidor francês.

E o ministro dos Transportes de Angola, Ricardo de Abreu, que também prestigiou o ato, assinalou a importância da presença no país de diferentes marcas fabricantes de viaturas fiáveis, sobretudo para o transporte de mercadorias.

O transporte de mercadoria rodoviário “é um tema crucial para o desenvolvimento económico de todos os países e achamos que é muito importante para nós também, em termos um parceiro como esse a regressar e a investir no nosso país num serviço de qualidade”, frisou.

“O transporte rodoviário de mercadorias em Angola tem um peso muito significativo e, obviamente, que precisamos de veículos que sejam viáveis, confiáveis e seguros também para promover a redução da sinistralidade nas estradas”, rematou Ricardo de Abreu em declarações aos jornalistas. (Jornal de Negócios)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker