DestaquesFutebolMundo

Renato Sanches marcou no primeiro toque (!) na goleada do PSG

Vai ser muito difícil alguém conseguir andar perto do campeão francês. Contra o Montpellier, a equipa de Galtier até começou por ser perdulária, mas acabou por golear de forma muito tranquila.

Nuno Mendes ganhou penálti a meio da primeira parte, só que Mbappé desperdiçou, num período totalmente dominado pelos parisienses, que mantiveram a toada para chegarem à vantagem antes do intervalo em dose dupla: primeiro, foi o ex-Vitória, Falaye Sacko, a introduzir a bola na própria baliza, depois foi Neymar a marcar de penálti.

No regresso dos balneários, o PSG chegou rapidamente ao terceiro, pelo brasileiro, mas a equipa relaxou e viu Khazri reduzir, após uma defesa incompleta de Donnarumma.

Vitinha, que esteve mais discreto desta vez, saiu pouco depois, mas ainda pôde festejar em campo o golo de Mbappé, que se antecipou ao seu marcador num pontapé de canto, redimindo-se perante os adeptos.

O quinto golo podia ter surgido num lance brilhante em que Messi fez um passe fantástico para Neymar finalizar, só que foi assinalado fora de jogo. Mas viria logo depois, em bom português, com Nuno Mendes a cruzar para o remate de Renato Sanches, que marcou no primeiro toque na bola com a camisola do PSG. Nas celebrações, foi alvo de muitos cachaços por parte dos colegas de equipa.

Ainda houve tempo para Tchato reduzir, no último minuto de compensação, sem que isso alterasse o que quer que fosse num jogo de triunfo incontestável. Como se prevê que aconteça com frequência nesta Ligue 1… (MSN)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker