DestaquesMotorizadosMundo

Mais três corridas canceladas no Mundial de Fórmula 1

Azerbaijão, Singapura e Japão elevam para sete os Grandes Prémios que caem por terra em 2020.

Os Grandes Prémios do Azerbaijão, de Singapura e do Japão juntaram-se nesta sexta-feira ao rol das corridas que foram canceladas no Mundial de Fórmula 1.

Até agora, tinham já sido abortados os planos de realizar quatro outros Grandes Prémios, incluindo o do Mónaco, e tinha já sido publicado um calendário provisório que deverá arrancar na Áustria, a 5 de Julho.

“Em resultado dos desafios que nos estão a ser colocados pela covid-19, nós e os nossos promotores no Azerbaijão, Singapura e Japão decidimos cancelar as corridas para a época de 2020”, declarou a direcção da F1, em comunicado.

No caso de Singapura e Azerbaijão, foram as exigências impostas para a montagem do circuito citadino (e as restrições à construção existentes nesta altura) que levaram ao cancelamento. No caso do Japão, foram as limitações às viagens de e para o território que conduziram a este desfecho.

Apesar de todas as baixas, a direcção da F1 continua confiante na realização do Mundial com 15 a 18 corridas. “Temos feito grandes progressos com os actuais e novos promotores para refazermos o calendário”, refere, em comunicado, depois de já terem sido lançadas as hipóteses de Hockenheim, Mugello ou Portimão (autódromo do Algarve).

“Confiamos no nosso plano de ter 15 a 18 corridas quando a época terminar, em meados de Dezembro, e pretendemos publicar o calendário final antes do arranque da época, na Áustria”, concluiu. (Público)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker