Coronavírus-Covid19DestaquesMundoReligiões

Covid-19: Papa Francisco contra pessimismo na hora do desconfinamento

O papa Francisco advertiu hoje contra o pessimismo perante o lamento de muitas pessoas de que nada volte a ser como era, após o fim do confinamento devido à pandemia de covid-19.

Durante a Missa na Basílica de São Pedro para assinalar o Domingo de Pentecostes, Francisco disse que este receio leva a que “a única coisa que certamente não regresse é a esperança”.

E exemplificou com a fragmentação da sua própria igreja, referindo que esta tem de se unir.

O Mundo vê conservadores e progressistas, mas todos são “filhos de Deus”, disse o Papa, apelando aos fiéis para se concentrarem no que os une.

“Nesta pandemia, tão errado que é o narcisismo”, referiu o Papa Francisco, lamentando a tendência para se pensar apenas nas próprias necessidades, para se ser indiferente às dos outros e não admitir as próprias fragilidades e erros.

“Neste momento, no grande esforço de começar de novo, quão prejudicial é o pessimismo, a tendência para ver tudo da pior maneira e para continuar a dizer que nada voltará a ser como antes”, disse o Papa, acrescentando: “Quando alguém pensa assim, a única coisa que certamente não regressa é a esperança”.

Algumas dezenas de fiéis, usando máscaras e sentados num banco, assistiram à cerimónia respeitando as medidas de segurança para evitar a propagação da covid-19.

Embora o Vaticano tenha reaberto a basílica aos turistas, os fiéis ainda não podem assistir às missas celebradas pelo Papa por receio de aglomerações. (Notícias ao Minuto)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker