DestaquesMundoSaúde

China anuncia o envio de 450 médicos militares para a cidade de Wuhan

A China anunciou hoje o envio de 450 médicos militares para a cidade de Wuhan, epicentro da epidemia do ​​​​​​​coronavírus chinês, que já provou a morte a 41 pessoas e infetou mais de 1.200 pessoas.

Os 450 médicos, que são funcionários da marinha, força aérea do Exército de Libertação Popular e de universidades militares, chegaram a Wuhan por avião militar na sexta-feira à noite, de acordo com a agência estatal Xinhua.

As equipas médicas são compostas por especialistas em saúde respiratória, doenças infecciosas, controlo de infeções hospitalares e unidade de terapia intensiva.

O número de mortos devido ao novo coronavírus detetado na China aumentou hoje para 41, depois de 15 pessoas terem morrido na província de Hubei, informaram as autoridades locais.

De acordo com as autoridades chinesas, o número de casos confirmados é de 1.287.

As autoridades montaram uma operação de quarentena que vai cobrir 13 cidades na província de Hubei para tentar conter a propagação deste vírus.

O novo vírus foi detetado na China no final de 2019. Além do território continental chinês, estão confirmados casos em Macau, Tailândia, Taiwan, Hong Kong, Coreia do Sul, Japão, Estados Unidos e França. (Plataforma)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close