DestaquesFutebolMundo

Blues de Todd Boehly! O Chelsea confirma que o bilionário americano assinou um acordo para adquirir o clube, já que a venda de Roman Abramovich finalmente se concretiza com um acordo proposto de £ 4,25 bilhões, que deve ser aprovado pelo governo e pela Premier League

O Chelsea confirmou que os termos foram acordados para Todd Boehly completar sua aquisição de £ 4,25 biliões do clube.

  • Todd Boehly é o novo proprietário do Chelsea após aquisição de £ 4,25 biliões do clube
  • O futuro do time da Premier League é incerto devido a Roman Abramovich
  • O russo foi sancionado pelo governo após a invasão da Ucrânia pela Rússia 
  • O Governo finalmente aprovou a venda do clube, encerrando a saga da aquisição

O consórcio de Boehly foi apontado como licitante preferido para assumir o controle de Stamford Bridge pelo Raine Group, o banco americano que está supervisionando a venda. Ele fez parceria com o dono do Dodgers, Mark Walter, o bilionário suíço Hansjorg Wyss, bem como a empresa de investimentos Clearlake Capital.

Boehly enfrentou a concorrência de consórcios liderados por Stephen Pagliuca e Sir Martin Broughton e até mesmo uma oferta tardia de £ 4,25 bilhões do homem mais rico da Grã-Bretanha, Sir Jim Ratcliffe.

O presidente-executivo da Eldridge Industries, Boehly, estava em Londres na noite de sexta-feira e deve comparecer ao confronto do Chelsea na Premier League com o Wolves em Stamford Bridge no sábado. 

O Chelsea confirmou no seu site oficial nas primeiras horas da manhã de sábado que Boehly e o seu consórcio podem comprar o clube, após a aprovação do governo do Reino Unido. 

A declaração dizia: “O Chelsea Football Club pode confirmar que os termos foram acordados para um novo grupo de propriedade, liderado por Todd Boehly, Clearlake Capital, Mark Walter e Hansjoerg Wyss, para adquirir o clube.

“Do investimento total que está sendo feito, £ 2,5 biliões serão aplicados para comprar as acções do clube e esses recursos serão depositados numa conta bancária congelada no Reino Unido com a intenção de doar 100% para causas de caridade, conforme confirmado por Roman Abramovich. A aprovação do governo do Reino Unido será necessária para que os recursos sejam transferidos da conta bancária congelada do Reino Unido.

“Além disso, os novos proprietários propostos comprometerão £ 1,75 bilião em investimentos adicionais para  benefício do clube. Isso inclui investimentos em Stamford Bridge, Academia, Selecção Feminina e Kingsmeadow e financiamento contínuo para a Fundação Chelsea.

‘Espera-se que a venda seja concluída no final de maio, sujeita a todas as aprovações regulatórias necessárias. Mais detalhes serão fornecidos na ocasião.’ (Daily Mail)

Tags
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker