AngolaImobiliárioPetróleo e Gás

AFGC acusa Luanda de hackear servidores em saga de expropriação

A empresa norte-americana Africa Growth Corp abriu um novo capítulo na sua batalha de expropriação imobiliária com o Estado angolano, pelo quarto ano consecutivo.

A empresa acusa Luanda de hackear os seus serviços para obter documentos internos, informações confidenciais e cartas de advogados, de acordo com uma notícia veiculada pelo site African Intelligence.

Trata-se de um assunto sensível a mexer nos gabinetes especializados com informações empresariais de carácter específico, que já chegaram ao conhecimento das autoridades nacionais, que a seu tempo serão respondidas com argumentos sustentáveis.

A companhia Africa Grow Corporation, que antes tinha o nome de Brenham Oil Corporation & Gas Corporation está agora registada como empresa dedicada ao ramo imobiliário, actuando em vários países e tem as suas credenciais ligadas ao mercado de capitais, onde actua em vários segmentos do negócio petrolífero. (Portal de Angola)

 

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker