DestaquesSaúde

No Hospital do Prenda: Lifecare excluída do serviço de Cirurgia Plástica

O Serviço de Cirurgia Plástica que funcionava no Hospital do Prenda oferecendo gratuitamente e com sucesso, intervenções cirúrgicas a doentes com lábio lepurino e outras enfermidades congénitas, com um balanço positivo em mais de dois mil pacientes deixou de atender ao público.

O motivo prende-se com uma carta do Ministério da Saúde que interrompe definitivamente um acordo firmado entre aquela entidade e a empresa detida pelo falecido general João de Matos, a Lifecare.

Com esta marca de saúde foram tratados mais de 2.000 angolanos de várias províncias, com tecnologias modernas, incluindo o laser no tratamento  de cravos, verrugas no rosto, a custo zero e com esta medida, os doentes nacionais ficam inibidos de tratarem a sua saúde na especialidade de cirurgia plástica, onde as vítimas de queimaduras podiam socorrer-se perfeitamente no país.

Com esta limitação as famílias angolanas apenas possuem como recurso o estrangeiro, nomeadamente os países vizinhos, a África do Sul e a Namíbia, para suprimirem uma doença que já tinha bases no país.

O Ministério da Saúde não analisou bem as consequências do seu acto e devia, quando muito arranjar uma alternativa que permita às famílias outra solução que evite o dispêndio de divisas com viagens ao exterior.

A lista de espera naquele Hospital tem aumentado significativamente, sem que se defina uma data para o retorno do serviço, nem outra entidade que possa ocupar-se do mesmo. Um caso que necessita urgentemente de solução. (novafrica)

Por Carlos Costa

Mostrar mais

Notícias relacionadas

1 thought on “No Hospital do Prenda: Lifecare excluída do serviço de Cirurgia Plástica”

  1. boa noite prezados !
    gostaria de saber sé estão sempre a realizar cirurgia plastica porque,pretendo fazer uma no lábio superior. onde tem um queloide que tem me afligido durante este tempo.
    estou,no aguardo do vossa resposta saudações córdias para vocês ate já
    Att,
    Paulo Alberto Salazar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker