CulturaLiteratura

Manuel Rui participa no Correntes d’Escritas

O escritor Manuel Rui Monteiro participa, de 16 a 27 deste mês, na 20ª edição do Correntes d’Escritas, um prestigiado Festival Literário Por- tuguês, que se realiza anualmente na Póvoa de Varzim, em Portugal.

Manuel Rui Monteiro foi convidado pela organização do certame para fazer parte do núcleo de participantes do festival, que há 19 anos consecutivos distingue a literatura, os livros, os autores, não fazendo por si só histó-ria. O passo tímido do início, tornou-se seguro, firme e convincente.

“Trouxemos ao país (Portugal) o primeiro festival literário. Queremos que os 20 anos sejam momento de confraternização e de partilha. Mas também de reflexão e debate”, lê-se no convite formulado ao membro fundador da União dos Escritores Angolanos (UEA).
A organização acrescenta que o evento tem contribuído fortemente, através da literatura, para uma maior difusãocultural, para a formação de um público mais crítico e exigente.

Um dia antes da abertura oficial marcada para o dia 19, na presença do Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, no Cine-Teatro Garrett, o Correntes d’Escritas vai homenagear o escritor José Régio nos 50 anos da sua morte com uma mesa-redonda modera-da por Valter Hugo Mãe. O es-critor português nasceu a 17 de Setembro de 1901 e morreu a 22 de Dezembro de 1969, em Vila do Conde.

Durante a realização da 20ª edição do Correntes d’Escritas vão passar pela Póvoa de Varzim mais de 140 participantes de 20 países, in-cluindo o Prémio Cervantes Sergio Ramírez e o Prémio Camões Germano Almeida. (Jornal de Angola)

 

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close