CulturaDestaquesMúsica

Bonga é o destaque de espectáculo em Lisboa

Bonga é a figura de cartaz de um espectáculo realizado hoje às 22h30 , no espaço Ferroviário, em Santa Apolónia, Lisboa, em alusão a passagem de ano.

O concerto, que tem ainda como atracções a cantora Celeste Mariposa e o DJ Dylan, inclui os principais êxitos do cantor angolano, num entre os vários concertos realizados para comemorar a passagem de ano em Lisboa.

Os produtores do espectáculo, o DJ português Davide Pinheiro, disse que pretende realizar um show sem igual, com artistas cujas carreiras têm conquistado os portugueses e não só. O convite, explicou, não foi estendido somente aos músicos, mas também aos DJ pela aceitação do trabalho destes entre o público, em especial o jovem.

O espectáculo é o último do ano do artista, que tem sido muito solicitado para concertos. Bonga realizou, recentemente, dois concertos em Luanda, o primeiro inserido no projecto “Show do Mês”, no Centro de Conferências de Belas, e outro no Centro Recreativo e Cultural Kilamba, no Muzongué da Tradição. Antes passou por Bruxelas, Bélgica, proveniente de Paris, onde actuou na La Cigale.

Natural do Bengo, Bonga Kwenda passou parte da infância em Luanda, entre os bairros Rangel, Operário e Ingombota, zonas que o permitiram na época conhecer algumas das tradições angolanas, marginalizadas pelos colonizadores.

O folclore dos musseques fascinou Bonga desde pequeno, a ponto de o levar a fundar o grupo Kissueia, no Marçal. Anos depois foi viver em Portugal, na qualidade de desportista, país onde lançou o primeiro EP, “Angola 72”. Entre reconhecimentos, prémios e distinções, nos quais se destaca a atribuição pelo Governo francês da Ordem das Artes e Letras, grau de cavaleiro, em 2014, Bonga viu, por outro lado, parte do percurso artístico “retratado e imortalizado” no livro “Bonga – Marcas na Oralidade Angolana”, publicado este ano, por Filomeno Pascoal. (Jornal de Angola)

Por: Roque Silva

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close