AngolaDestaquesEconomiaJustiça

TC quer ouvir responsáveis de várias empresas – Do conhecido Bento Kangamba aos ocultos representantes de sociedades anónimas, todos têm 30 dias para comparecer

O Tribunal de Contas convocou responsáveis de várias empresas para responderem no âmbito de um processo de inquérito realizado pelo Governo Provincial de Luanda. Entre as empresas notificadas, estão a muito conhecida Organização BK - Construção Civil, Obras Públicas e Comércio Geral, de Bento Kangamba, mas também a mais misteriosa Golden Nest, uma sociedade anónima com sede na África do Sul, com fortes ligações ao China Railway Engineering Group, que manteve vários negócios com o Estado durante o Governo de José Eduardo dos Santos.

Num edital publicado no Jornal de Angola, assinado pela juíza conselheira Elisa Rangel Nunes, presidente da 2ª Câmara do Tribunal de Contas, são igualmente notificados os responsáveis pelas empresas Arioste e Filhos, de Manuel Neto e Aristides Fernandes Neto e a Jefran, Lda, pertencente ao empresário Francisco Silva, acusada de ter burlado mais de 400 famílias angolanas, em valores que rondam os três mil milhões de kwanzas e que viu arrestado um edifício pelo Tribunal de Luanda em 2020.

O TC quer também ouvir os responsáveis das empresa Nova Angospencer Sociedade Angolana de Comércio e Exploração Mineira, uma sociedade anónima criada em Luanda em 2004, e que, segundo uma notícia da Angop, foi responsável por vários projectos, entre eles a construção de 300 casas sociais no Zango 3. Os representantes destas empresas foram notificados para comparecerem no Tribunal de Contas nos próximos 30 dias. (Novo Jornal)

 

 

Tags
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker