AngolaCooperaçãoDestaquesEconomiaS. Tomé e Príncipe

PR de São Tomé e Príncipe propõe pólos de desenvolvimento educacionais

O Presidente de São Tomé e Príncipe, Carlos Vila Nova, defendeu, terça-feira, na cidade angolana de Moçâmedes, província do Namibe, a aposta em pólos de desenvolvimento educacionais, para a formação de jovens por especialidade.

Para Carlos Vila Nova, que efectua uma visita oficial de três dias a Angola, a componente formativa de São Tomé e Príncipe deve estar mais centrada nos sectores das pescas e da educação.

“É importante termos homens preparados para poderem acompanhar os novos tempos e a evolução dos fenómenos que acontecem em vários contextos”, disse, considerando fundamental o “espírito aberto para aprender e a disposição para participar neste processo de aprendizagem”.

Sobre Angola, reconheceu a existência de universidades públicas que garantem uma formação de qualidade e permitem o desenvolvimento especializado e com competências.

Afirmou que o seu país vai reforçar os laços de cooperação com Angola, em vários domínios, revelando a aposta numa Economia Azul, como fonte de desenvolvimento sustentável.

Carlos Vila Nova considerou a Economia azul como um dos principais vectores e aceleradores de desenvolvimento sustentável, tendo em conta o contexto actual, com aposta em meios sofisticados e quadros capacitados.

Revelou “todo o interesse” do seu país em apostar no sector das pescas, já que tem 160 vezes mais mar do que terra.

Em Moçâmedes, o Chefe de Estado de São Tomé e Príncipe procedeu à plantação de árvores no polígono florestal da cidade, no âmbito do combate à desertificação, e visitou a Universidade do Namibe e a empresa Sicopal, vocacionada para a captura, transformação e distribuição de pescado. (ANGOP)

 

Tags
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker