DestaquesEconomia

Nova rota da TAAG liga Luanda a Lagos

A perspectiva é expandir as ligações da transportadora de bandeira, no próximo ano, às cidades de Accra e Abidjan e, num futuro breve, para Londres e Paris.

A TAAG vai passar a voar para a cidade de Lagos, capital económica da Nigéria, a partir de Outubro deste ano, no quadro do reforço da presença em África e da expansão das suas rotas a nível do continente.

O facto foi revelado na terça, à imprensa, pelo presidente da Comissão Executiva da companhia, Rui Carreira, salientando que, para este destino, a transportadora vai operar três vezes por semana, com um Boeing 737.

O responsável, que falava num encontro com jornalistas, denominado “Café Conferência”, garantiu estarem criadas todas as condições administrativas, técnicas e operacionais para a materialização deste desiderato.

Na ocasião, Rui Carreira reiterou que a TAAG perspectiva, igualmente, abrir até ao próximo ano, as rotas para Accra (Ghana) e Abidjan (Côte d’Ivoire) e, num futuro breve, para Londres (Inglaterra) e Paris (França).

Ameaça de greve

O presidente da Comissão Executiva da TAAG, Rui Carreira, reiterou ontem, em Luanda, que as conversações entre a Administração da empresa e os sindicatos dos pilotos e assistentes de bordo, para cancelar uma greve 10 dias anunciada para Setembro, decorrem em “bom clima”.

“Estamos a conversar e o clima é bom”, disse Rui Careira, em resposta ao Jornal de Angola, quando interrogado sobre o rumo das negociações com os sindicatos que apresentam, entre outras reivindicações a devolução do poder compra aos salários dos seus filiados. “Não podemos avançar mais nada”, acrescentou.

A ameaça de greve dos pilotos e pessoal de bordo da TAAG foi confirmada na terça-feira, por Rui Carreira, em conversa com jornalistas, na qual falou, entre outros assuntos, da aquisição de seis novas aeronaves, para as rotas domésticas e regionais.

Em relação às posições defendidas pelos sindicatos dos pilotos e assistentes de bordo, o presidente da Comissão Executiva da transportadora aérea nacional disse que “muitas delas são legítimas”.

“Temos estado a conversar com os sindicatos dos pilotos, dos trabalhadores assistentes de bordo e os encontros de concertação decorrem normalmente”, disse, defendendo, no entanto, que “todo tipo de reivindicação não deve inviabilizar a continuidade da empresa”.

“Temos que olhar para uma questão de estabilidade na dimensão de todos os profissionais da empresa, mas há muita vontade de dialogar entre as partes, tem havido muita razoabilidade nos argumentos e estou convicto que tudo vai acabar bem”, admitiu. (Jornal de Angola)

 

Mostrar mais

Notícias relacionadas

1 thought on “Nova rota da TAAG liga Luanda a Lagos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker