AgriculturaAngolaDestaquesEconomiaRegiões

Mais de 300 mil hectares serão cultivados no ano agrícola 2022/2023

Malanje - Trezentos e 42 mil e 200 hectares de terras serão cultivados com produtos diversos, em Malanje, durante o ano agrícola 2022/2023, com o envolvimento de 68 mil famílias camponesas.

A informação foi fornecida, sábado, na aldeia de Mulanje, município de Cahombo, pelo director do Gabinete Provincial da Agricultura, Carlos Chipoia, na abertura do ano agrícola, realçando que as famílias em causa vão beneficiar de assistência técnica, imputes agrícolas, sementes e outros meios.

Disse esperar-se uma produção de 2 milhões de toneladas de mandioca e 350 mil de cereais, com destaque para arroz, milho e feijão.

O vice-governador de Malanje para o sector Político, Social e Económico, Domingos Eduardo, que dirigiu a cerimónia de abertura da campanha agrícola, disse ser necessários investimentos privados na indústria transformadora para a revitalização das culturas do algodão e do arroz, rumo a diversificação da economia nacional.

Destacou a implementação do Plano de Fomento da Produção de Grãos (PLANAGRÃO), que visa a produção em grande escala das culturas de milho, trigo, arroz e soja, com incidência no leste do país e nas províncias de Malanje e Uíge, como uma iniciativa do Executivo tendente a promoção da cadeia de valor de grãos e fomento da produção animal.

Domingos Eduardo, disse que no âmbito do Programa de Combate à Pobreza no seio das comunidades, as administrações municipais devem continuar a promover a legalização e o reforço da capacidade organizativa das Cooperativas de camponeses.

Por outro lado, o responsável apelou aos produtores familiares e empresários do ramo agrícola no sentido de estudarem as administrações municipais, a viabilidade de criação dos mercados rurais, bem como a realização de feiras agrícolas, com vista a atracção de investimentos e escoamento dos excedentes de produção.

O acto de abertura do ano agrícola 2022/2023, foi marcado com a realização de uma feira do produtor que serviu para a apresentação das potencialidades agrícolas dos 14 municípios da província de Malanje.

O evento decorreu sob o lema “Revitalização das Culturas do Arroz e Algodão, um Desafio para o Fomento da Indústria Local” e nele participaram membros do governo da província, administradores municipais e expositores dos catorze dos municípios que compõe a província. (ANGOP)

Tags
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker