AngolaDestaquesDOSSIER CORRUPÇÃOEconomiaSociedade

Julgamento do “Caso Major Lussati” arranca no dia 28 de Junho

O julgamento do mediático "Caso Major Lussati" arranca no próximo dia 28 do corrente mês, a decorrer no Tribunal de Comarca de Luanda-Palácio Dona Ana Joaquina, com o processo Nº 230/22 onde estão arrolados um total de 49 réus e mais de 200 testemunhas, soube hoje o Jornal de Angola de fonte oficial.

O major Pedro Lussati é a principal figura deste processo foi detido no âmbito da “Operação Caranguejo” e a consequente apreensão de milhões de dólares, euros, kwanzas, carros de luxos e outros bens. Os cidadãos envolvidos são acusados de crimes de peculato, recebimento indevido de capitais, associação criminosa e branqueamento de capitais.

De acordo com um documento do Tribunal de Comarca de Luanda a que o Jornal de Angola teve acesso, tendo em conta o número de réus (49)  e os seus mandatários judiciais, considerando o número de testemunhas arroladas pelas partes (mais de 200), as secções de audiências de discussões e julgamento, serão realizadas no Centro de Convenções município de Talatona, em Luanda.   (Jornal de Angola)

Tags
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker