AngolaEconomiaRegiões

Fábrica Emadel abre com mais de 100 empregos

Cento e 10 jovens serão recrutados pela empresa EMADEL, com a entrada em funcionamento, no primeiro semestre de 2022, da sua nova fábrica de transformação de madeira na Zona Económica Especial (ZEE) de Luanda.

A empresa, com sede na cidade do Lubango, província da Huíla, está a fazer um investimento de 12 milhões de dólares americanos, para iniciar a produção na capital do país.

A EMADEL, com origem na antiga empresa Madeiras da Huíla, foi fundada em 1999 e dedica-se à produção de artefactos de madeira serrada, carpintaria e mobiliário. Em 2012, desenvolveu a área de projectos de interior, uma marca própria e com padrões internacionais.

Pretende introduzir no mercado angolano produtos com matéria-prima nacional à medida do cliente, entre portas, cadeirões, aparadores e janelas.

Falando em conferência de imprensa, sábado, no Lubango, o director-geral da empresa, Armando Ferreira, disse que o projecto está implantado numa área de 54 mil metros quadrados, oito mil dos quais de área coberta, onde estão a ser criadas áreas de estufa, secagem de madeira e serração.

Sublinhou que os investimentos são aplicados na aquisição e privatização de uma unidade fabril na ZEE, cujos equipamentos para o efeito são provenientes da Itália e de Portugal.

Segundo o responsável, em 2019, a EMADEL alcançou um volume de negócio de 2,9 mil milhões de kwanzas e, em 2020, teve uma baixa atingindo 2,4 mil milhões, por conta da pandemia da Covid-19, mas prevê obter 4 mil milhões em 2022.

Com capacidade para transformar 30 metros cúbicos de madeira em cada unidade fabril de serralharia por dia, a empresa tem uma facturação anual de 25 milhões de dólares.

O director-geral disse que a empresa tem 294 trabalhadores, 25 dos quais expatriados. (ANGOP)

Tags
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ver também

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker