DestaquesMotorizados

Motocross: Direcção está reticente com regresso à actividade

A direcção da Associação Provincial de Motocross de Luanda (APMCL), mostra-se reticente quanto ao retorno, sábado 27 do corrente, dos treinos e actividades desportivas oficiais conforme previsão do Decreto Presidencial da Situação de Calamidade Pública de combate à propagação da pandemia da Covid-19.

Em declarações ao Jornal de Angola , Osvaldo Gouveia presidente da APMCL, disse que pode haver alterações nas medidas, em função do aumento de casos da Covid-19 nos últimos dias. Por esta razão prefere não avançar com datas para os treinos na pista do Circuito do Gamek.

Por outro lado, Gouveia revelou que o provincial da presente temporada foi cancelado mas está na forja a realização de uma prova com quatro corridas, uma em cada mês, numa parceria com a Refriango.

“Inicialmente, estas quatro provas seriam pontuáveis para o provincial que comportaria dez jornadas. As datas do “Troféu Speed Refriango” serão divulgadas quando tivermos a reconfirmação do regresso gradual das actividades desportivas”, explicou.

Luto no desporto motorizado

O presidente da Associação Provincial dos Desportos Motorizados do Namibe, Álvaro de Oliveira Santos morreu, sábado último, vítima de um acidente de viação, anunciou o presidente da Federação Angolana (FADM), Ramiro Barreira, através das redes sociais.

De acordo com a publicação, o acidente ocorreu na zona do Caramulo, município da Bibala. O também membro da Comissão Técnica do órgão reitor chegou a ser socorrido e levado para uma unidade hospitalar, na cidade do Lubango, província da Huíla, mas não resistiu aos ferimentos.

“Neste momento de dor e luto, na qualidade de presidente da FADM, dos seus órgãos so-ciais, apresentamos os nossos mais profundos sentimentos de pesar à família enlutada e aos desportistas do Namibe”, lê-se na mensagem. (Jornal de Angola)

Por: Armindo Pereira

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker