Futebol

«Nunca me senti jogador do Atlético Madrid»

Rodrigo Moreno comentou, pela primeira vez, a apregoada transferência do Valência para o Atlético Madrid, durante o verão, negócio que acabou por não se concretizar.

«No futebol, as coisas só são verdade quando há acordo e uma assinatura. Mas sim, estive muito perto de sair. No final, sou jogador do Valência e não posso fazer o que me vem à cabeça. Sabia que eram os clubes que tinham de chegar a um acordo e, depois, eu decidia o que mais me interessava», começou por dizer o hispano-brasileiro em entrevista ao jornal ABC.

Vendido pelo Benfica ao Valência por 30 milhões de euros, em 2015, o avançado de 28 anos assumiu, porém, que «via com bons olhos» a mudança para o clube colchonero: «O Valência também o estava a considerar e isso foi-me transmitido. Não foi uma desilusão ficar no Valência ou não ir para o Atlético, não morri por causa disso. Nunca me senti ex-jogador do Valência, nem jogador do Atlético.»

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close