AndebolDestaques

TÓQUIO’2020 : Árbitros angolanos ausentes dos torneios de qualificação

A arbitragem angolana está ausente dos torneios de qualificação para os Jogos da XXXII Olimpíada, de acordo com a listagem divulgada pela Federação Internacional de Andebol (IHF), com apenas duas duplas africanas.

No total, foram nomeadas 24 duplas para os 6 torneios, que decorrerão em Montenegro, Hungria, Espanha (femininos), Alemanha, França e Noruega (masculinos).

No que ao continente africano diz respeito, foram escolhidas duas duplas da Argélia e Tunísia, enquanto Portugal representa a lusofonia com uma. A Europa é o continente mais representativo, com doze.
Os torneios femininos, a serem disputados de 20 a 22 de Março, terão em acção doze duplas de arbitragem. Em Espanha, palco do torneio 1, foram nomeados os pares Maike Merz-Tanja Kuttler (Alemanha), Koo Bon-ok-Koo Seok Lee (Coreia do Sul), Cristina Nastase-Simona Stancu (Roménia) e Viktoriia Alpaidze-Tatyana Berezkina (Rússia).

O torneio 2, a decorrer na Hungria, será dirigido pelas duplas Youcef Belkhiri-Sid Ali Hamidi (Argélia), Maria Inês Paolantoni-Mariana Garcia (Argentina), Charlotte Bonaventura-Julie Bonaventura (França) e Ivan Pavicevic-Milos Raznatovic (Montenegro).

Por último, o torneio 3, em Montenegro e para o qual foram nomeadas as duplas Andreu Marin-Ignacio Garcia Serradilla (Espanha), Bojan Lah-David Sok (Eslovénia), Samir Krichen-Samir Makhlouf (Tunísia) e Mathias Sosa-Cristian Lemes (Uruguai).

Em masculinos, os torneios decorrem de 17 a 19 de Abril. As duplas Matija Gubica-Boris Milosevic (Croácia), Vaclav Horacek-Jiri Novotny (República Checa), Duarte Santos-Ricardo Fonseca (Portugal) e Arthur Brunner-Morad Salah (Suíça) são as nomeadas para o torneio 1, com cenário na Noruega.
Em França, sede do torneio 2, foram nomeadas as duplas Julian Lopez Grillo-Sebastián Lenci (Argentina), Robert Schulze- Tobias Tönnies (Alemanha),Lars Jorum-Havard Kleven (Noruega) e Mirza Kurtagic-Mattias Wetterwik (Suécia). As duplas Martin Gjeding-Mads Hansen (Dinamarca), Oscar Raluy Lopez-Angel Sabroso Ramirez (Espanha), Karim Gasmi-Raouf Gasmi (França) e Majid Kolahdouzan-Alireza Mousavian Nazhad (Irão) para ajuizar os prélios do torneio masculino 3, na Alemanha.

Por outro lado, a Tailândia foi designada pela IHF como a substituta legal da República Popular da China, no torneio feminino de qualificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio. A substituição deve-se à retirada da China, e ao declínio do convite por Hong Kong, por causa do surto de coronavírus.

A Tailândia, de acordo com a IHF, foi nomeada a décima segunda selecção participante do torneio olímpico feminino de qualificação. Em função do “ranking” asiático e a retirada da Coreia do Norte, a Tailândia jogará o torneio nº 3, no Montenegro, com Noruega, Montenegro e Roménia, com cenário no “Mora?a Sports Center”, em Podgorica, Montenegro.
Já o Cazaquistão jogará o torneio nº 2, na Hungria, no “Audi Arena”, em Gy?r, com Rússia, Sérvia e Hungria.

O torneio nº 1, com participação das equipas nacionais da Espanha, Suécia, Senegal e Argentina, será disputado na cidade espanhola de Llíria, no “Polideportivo Pla de l’Arc”, com a primeira jornada marcada para 20 de Março, com os jogos Senegal-Argentina e Espanha-Suécia. Dia 21 jogam Espanha-Senegal e Suécia-Argentina.

O torneio encerra dia 22 de Março, com os jogos Argentina-Espanha e Suécia-Senegal.
As selecções posicionadas no primeiro e segundo lugares qualificam-se directamente para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Em masculinos, a Tunísia e a Argélia, segundo e terceiro classificados da Taça das Nações de Andebol, CAHB’2020, representam o continente africano nos torneios de qualificação olímpica para os Jogos de Tóquio’2020, a serem disputados em três países, nomeadamente Noruega, França e Alemanha, respectivamente.

A Tunísia joga a qualificação em Paris, França, diante dos anfitriões, Portugal e Croácia. Já a Argélia está no torneio 3, com sede na cidade alemã de iMax-Schmeling-Halle, Berlim, com Alemanha, Suécia e Eslovénia.

Chile, Coreia do Sul, Brasil e a anfitriã Noruega disputam o torneio 1, com sede na cidade Trondheim. A primeira jornada, no dia 17 de Abril, inscreve as partidas Chile-Coreia do Sul e Noruega-Brasil. Outros prélios: Noruega-Chile, Brasil-Coreia do Sul (18 de Abril), Coreia do Sul-Noruega e Brasil-Chile (19 Abril).
No Arena de Paris, França, decorrerá o torneio 2, com os anfitriões a enfrentarem a Croácia na ronda inaugural, dia 17 de Abril, a Tunísia mede forças com Portugal. No dia 18, a Tunísia defronta a França, e a Croácia joga diante de Portugal. No fecho, jogam Portugal-França e Croácia-Tunisia.

Já o torneio 3 terá lugar em Max-Schmeling-Halle, Berlim, Alemanha, com a primeira jornada, dia 17 de Abril, a inscrever os desafios Argélia-Eslovénia e Alemanha-Suécia. Dia 18 jogam Alemanha-Eslovénia e Suécia-Argélia, para no fecho, dia 19, jogarem Argélia-Alemanha e Suécia-Eslovénia. (Jornal de Angola)

Por: António Ferreira

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker