Andebol

Equipas militares dão goleadas na abertura

A equipa feminina do 1º de Agosto e o seu Núcleo de Benguela conseguiram as vitórias mais dilatadas, no primeiro dia da 38ª edição dos campeonatos nacionais de andebol em juvenis masculinos e femininos, que a cidade do Huambo acolhe desde anteontem.

Diante de formações estreantes na prova, o clube militar deixou bem claro o seu favoritismo à manutenção do título.

O 1º de Agosto venceu o Misto do Moxico por expressivos 37-7 (19-2 ao intervalo),  enquanto o seu núcleo benguelense goleou o Ara da Gabela por 33-10, com favoráveis 18-04 ao cabo da primeira parte. Outro resultado desnivelado, registado na jornada inaugural foi conseguido pela Marinha de Guerra, equipa satélite das militares, no confronto diante do Sporting de Cabinda (28-12, após 18-3 ao intervalo).

Escolinha de S. João do Huambo e Electro do Lobito protagonizaram o único desafio equilibrado, em femininos, com vitória das lobitangas por 28-26, confirmando a vantagem tangencial de 13-12 ao intervalo. O jogo entre o Desportivo Maculusso de Luanda e o Mora do Virei, do Namibe, ficou adiado para o dia de pausa na prova, devido a chegada tardia das namibenses.

Representado por três equipas, o 1º de Agosto veio ao Huambo para confirmar o seu domínio na classe feminina, onde é detentor dos títulos de juvenis e de seniores, sendo superado apenas pelo Petro de Luanda, tri-campeão nacional de juniores.
Em masculinos, o equilíbrio foi nota dominante nos três prélios realizados na abertura da prova. Os anfitriões do Petro do Huambo conseguiram uma vitória difícil, diante do Ara da Gabela, numa partida onde só na etapa complementar desfizeram a igualdade trazida do intervalo (12-12), chegando ao resultado final de 25-23, que lhes permitiu somar os primeiros pontos na prova.

Na sua estreia, o Renascimento do Uíge, actual campeão nacional, exibiu-se a bom nível, diante do Desportivo do Chicapa da Lunda-Sul. Apesar da boa réplica dos lundas, a vitória sorriu aos uigenses por 23-19, confirmando a vantagem de 3 golos ao intervalo (11-8).
A Escolinha de S. João do Huambo protagonizou a primeira surpresa do campeonato, ao vencer o Santa Rita de Cássia do Uíge, por claros 35-28, depois de favoráveis 17-9 ao intervalo.

Ontem, completou-se a primeira jornada e começou a ser disputada a segunda, com o cartaz seguinte para os masculinos: 4 de Abril da Lunda-Sul-Atlético da Madeira de Luanda, Sporting de Cabinda-Renascimento do Uíge, Inter de Angola-Escolinha de S. João do Huambo e 1º de Agosto-Mora Sport Clube Virei do Namibe.
Em femininos, a partida entre o Petro de Luanda e o Desportivo de Cacuso de Malanje ficou adiada, uma vez que à hora marcada a equipa de Malanje ainda não tinha chegado ao Planalto Central.

O emparceiramento de ontem ditou ainda os seguintes jogos para a competição feminina:Atlético do Huambo-Escolinha de S. João do Huambo, Desportivo de Chicapa da Lunda-Sul-Sporting de Cabinda, 1º de Maio de Benguela-Ara da Gabela, Marinha de Guerra-Desportivo o Maculusso e Núcleo de Benguela do 1º de Agosto – 1º de Agosto.

A jornada de hoje começa a ser disputada às 8h00, no pavilhão anexo, com partidas ao longo de toda manhã. No período da tarde os jogos serão disputados no pavilhão Osvaldo Serra Van-dunem, onde o destaque vai para o 1ºde Agosto- Electro do Lobito, em femininos e, no encerramento do dia, o que coloca frente-a-frente os actuais campeões nacionais, Renascimento do Uíge e o 1º de Agosto, actual campeão de Luanda. (Jornal de Angola)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker