AngolaCinemaDançaDestaquesDjsLiteraturaMúsicaTeatro

UNAC-SA: Lista B lamenta adiamento sine die das eleições e promete soluções para breve

Foi ontem, 28 de Outubro, a Lista B notificada por despacho do Tribunal de Luanda, sobre a Providência Cautelar solicitada a este tribunal aos 10 de Agosto de 2018, e interposto no mesmo dia, um recurso, com efeitos suspensivos , o que novamente altera sine die as eleições na UNAC-SA, diz o comunicado da Lista B, liderada pelo guitarrista e jornalista Belmiro Carlos.

Como é óbvio, e era esperado, disse o Tribunal no seu despacho que os pedidos formulados no processo poderiam ser apenas apreciados em sede de uma acção principal, por isso se interpôs tal recurso, com efeitos suspensivos, para uma decisão definitiva do Tribunal Supremo, sobre o assunto.

A aposta na solução judicial da crise, em detrimento do recurso a uma solução extrajudicial é a táctica eleita pela outra parte que já rejeitou duas tentativas de uma solução fora dos tribunais.

Nós temos consciência de que a continuação do processo nos tribunais, significa o prolongamento da crise, por mais um período de tempo imprevisível, que em nada abona a todos, para além dos prejuízos económicos que isso representa para os membros da Organização;

Por outro lado e por uma questão de verticalidade e coerência para com os princípios mais elementares de um processo eleitoral, sério, transparente e imparcial, não podemos concordar nem participar de eleições que não tenha o universo eleitoral aprovado, pelas partes, como no caso vertente.

Assim , vimos dar a conhecer aos associados da UNAC-SA e a sociedade em geral que – não sendo, para nós, o recurso ao tribunal um fim em si mesmo para a solução da crise:

A Lista B manifesta-se, mais uma vez, disponível para uma solução extrajudicial dessa arreliante crise eleitoral, pelo que exorta todas as forças vivas da Classe e da sociedade em geral a participar nesse esforço, reservando-se ao direito de, se num prazo considerado razoável, não se vislumbrar nenhuma saída da crise, partir unilateralmente para uma solução, que, não sendo a ideal, poderá pôr fim , pelo menos a esta crise na UNAC-SA, e pôr a funcionar o sistema de gestão dos direitos de autor e conexos, em Angola.

A Lista B lamenta ter de continuar a procurar nos tribunais a solução de um problema tão elementar, básico e incontornável para qualquer processo eleitoral que se quer transparente e imparcial, e aproveita o ensejo para pedir calma e confiança aos associados, pois não se poupará a esforços, para pôr em marcha todas as soluções e mecanismos disponíveis em homenagem aos mais lídimos interesses de todos os membros, e no mais curto espaço de tempo aceitável. (Belmiro Carlos)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.