AngolaCoronavírus-Covid19DestaquesSaúde

Autoridades angolanas alertam para colapso do Sistema Nacional de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, alertou que existe um risco do Sistema Nacional de Saúde colapsar, se a população continuar a não cumprir com as medidas preventivas da COVID-19.

Antes de proceder à actualização dos dados da pandemia, na última sexta-feira, 16 de Abril, Franco Mufinda, manifestou a sua preocupação com o aumento de casos positivos e deixou o alerta aos angolanos.

“Temos observado com tristeza um relaxamento no cumprimento das medidas de protecção individual e colectiva por parte da população, como o uso correcto da máscara facial, lavagem das mãos com água e sabão, distanciamento físico, o não ajuntamento populacional e a não violação da cerca sanitária. Fruto disso, a cada dia que passa os números só aumentam”, lamentou.

Franco Mufinda, referiu ainda que há mais de duas semanas, tem havido um aumento de casos positivos e de óbitos em grupos populacionais que eram considerados menos expostos ou até teoricamente protegidos.

As estatísticas diárias, por esta altura, revelam que crianças e jovens estão a ser mais acometidos pela COVID-19, com surtos provocados, na sua maioria, pelas novas variantes do vírus SARS-CoV-2, particularmente as inglesa e sul africana, que já circulam em Luanda.

As duas variantes são conhecidas por terem uma alta capacidade de transmissão e de mortalidade.

De acordo com o Secretário de Estado, o sistema de vigilância epidemiológico está a notificar diariamente famílias inteiras e empresas com os números expressivos de contaminados, à semelhança do que aconteceu no mês de Outubro do ano passado, mas com uma dupla velocidade.

“Se assim continuar o nosso sistema de saúde poderá ver-se colapsado. No entanto, podemos evitar isso, respeitando as medidas de proteção individual e colectiva”, recomendou.

No entanto, Franco Mufinda garantiu que o governo continua a mobilizar meios materiais, humanos e tecnológicos para evitar que o pior cenário venha a acontecer.

Para a população, reiterou igualmente o apelo para que faça a sua parte, do ponto de vista de prevenção, sem esquecer a importância da vacinação. (Angola 24 Horas)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker