ÁfricaDestaquesSaúde

Uso seguro de mosquiteiros impregnados de inseticida realçado no Congos impregnadas reduzem de 22% casos de malária, diz Prefeito de Ponte-Noire

O prefeito da Região de Ponta Negra, no sul do país, Alexandre Honoré Paka, realçou, terça-feira última, a segurança do uso de mosquiteiros tratadas com insecticida.

Falando no lançamento de uma campanha de distribuição gratuita de mosquiteiros tratados com inseticida de longa duração, Paka frisou que o mesmo ajudará a reduzir em 22 por cento casos de malária em áreas endémicas no país.

Acrescentou que esta campanha é um encontro combinado com uma reunião de advocacia e de mobilização social sobre a campanha de luta contra a malária.

Segundo a diretora regional de saúde em Ponta Negra, Aubierge Victoire Kimpamboudi Matondo, a doença representa 18 por cento das causas de morte no seio da população em geral e 28 por cento entre as crianças menores dos cinco anos de idade.

Para ela, esta doença continua a ser a principal causa de consulta e de hospitalização em muitos hospitais desta cidade litoral, pelo que uma das formas eficazes de controlar este flagelo é a utilização de mosquiteiros impregnados.

De acordo com o relatório da OMS, a malária causou 584 milhões de mortes em todo o mundo, 90 por cento das quais na África Subsariana e 78 por cento entre crianças menores dos cinco anos. (Panapress)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close