ÁfricaDestaques

Quénia: Rapto de dois médicos cubanos no condado de Mandera

Nairobi - Dois médicos cubanos foram raptados e os seus guarda-costas mortos nesta sexta-feira, no Condado de Mandera, Norte do Quénia, noticiam a AFP.

Trata-se de Assel Herera Correa, médico de medicina geral, e Landy Rodriguez, cirurgião.

Segundo a AFP que cita David Ohito, director de Comunicação do governo de Mandera, os médicos foram raptados quando iam para o seu centro de trabalho.

Duas outras fontes policiais contactadas pela AFP confirmaram a informação.

Mais de 100 médicos cubanos trabalham no Quénia onde estão a executar um programa de intercâmbio. (Angop)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ver também

Close
Close