África

Líbios chamados a aproveitar oportunidade de conferência nacional inclusiva

O enviado das Nações Unidas para a Líbia, Ghassan Salamé, enfatizou que a Conferência nacional inclusiva, marcada para meados de abril próximo, traçará um roteiro para acabar com a fase de transição na Líbia, e que todas as partes líbias têm a oportunidade de escolher a paz.

Durante um briefing perante o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), via televisão, a partir da capital, Trípoli,  Salamé enfatizou a necessidade de se aproveitar, no máximo, o Fórum Nacional líbio a ocorrerá em Ghadames, no oeste do país.

A seu ver, trata-se de uma “oportunidade vital para se acabar com a transição na Líbia”.

Quarta-feira de manhã, o representante especial do Secretário-Geral da ONU na Líbia, Ghassan Salamé, anunciou que a conferência nacional inclusiva líbia realizar-se-á de 14 a 16 de abril próximo  em Ghadamés, um oásis situado no sudoeste do país, com a participação de 120 a 150 personalidades líbias.

“Os próximos dias são muito importantes na história da Líbia e da região, e a conferência nacional é uma oportunidade vital para se acabar com a fase de transição na Líbia”, reiterou.

Descreveu a situação económica na Líbia como sendo “muito frágil”, assinalando que a reforma económica na Líbia não será alcançada sem reforma política.

O Conselho Presidencial líbio do Governo de União Nacional adoptou recentemente um programa de reformas económicas relacionadas nomeadamente com a imposição de um imposto de 183 por cento sobre as transações cambiais que permitiram travar a queda do dinar líbio no mercado negro que se negoceia com cinco dinares contra um dólar americano, contrariamente aos últimos anos, em que se trocava um dólar americano contra 10 dinares.

Também enfatizou a necessidade de se unirem as instituições na Líbia e de se realizarem eleições por uma única instituição na Líbia.

Também sublinhou a necessidade de se tirar proveito, no máximo, do Fórum Nacional Líbio.

Salamé revelou que cerca de 200 mil crianças líbias precisam duma assistência humanitária, apelando à comunidade internacional para apoiar os esforços com vista à estabilidade na Líbia.

O emissário onusina acrescentou que a Missão da ONU está em contacto com o Quarteto preocupado com a Líbia para encontrarem uma solução para a crise líbia. (Panapress)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker