ÁfricaCoronavírus-Covid19DestaquesMundo

Covid-19: África com menos 14 por cento novos casos em relação à semana anterior

O registo de novos casos de Covid-19 em África diminuiu 14 por cento nos últimos sete dias em relação à semana anterior apesar do aumento dos testes de diagnóstico, anunciou hoje a União Africana.

“Os números indicam que o que estamos a fazer funciona”, disse o director do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), John Nkengasong, na conferência de imprensa semanal sobre a evolução da pandemia no continente africano. Segundo John Nkengasong, mais de um milhão de pessoas já recuperaram da doença o que é “uma boa notícia para o continente”.

O continente africano regista pela segunda semana uma diminuição de novos contágios, com descidas notáveis na região central (menos 31% de novos casos), do norte (menos 26% de novos casos) e ocidental (menos 18% de novos casos). Mas, apesar da descida de contaminações, países como a África do Sul, Etiópia, Marrocos, Líbia e Argélia registaram mais novos casos.

O director do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana disse também que houve um aumento do número de testes realizados no continente, que subiu seis por cento em relação à semana anterior.

Segundo John Nkengasong, foram realizados 12,6 milhões de testes nos 55 países com uma taxa de positivos de 9,6 por cento e os novos casos são, na sua maioria, “assintomáticos”.

Mas, quase 80 por cento dos testes realizados foram feitos em apenas 10 países, nomeadamente África do Sul, Marrocos, Etiópia, Egipto, Quénia, Gana, Ruanda, Nigéria, Uganda e Camarões. África registou 219 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 30.294, havendo cerca de 257 mil casos activos, de acordo com os números mais recentes da pandemia no continente.

Segundo o África CDC, nas últimas 24 horas registaram-se nos 55 Estados-membros da organização mais 8.109 casos e houve mais 8.668 recuperados. No total, o continente soma 1.267.656 casos de infecção e 1.009.824 doentes já recuperaram, havendo assim 257.832 casos activos no continente.

Entre os países africanos lusófonos, Moçambique contabiliza 4.117 casos e 25 mortos, Cabo Verde tem 4.048 casos e 41 mortos e Angola 2.777 casos e 112 mortos. A Guiné-Bissau soma 2.245 infecções e 38 mortos e São Tomé e Príncipe conta 896 casos e 15 vítimas mortais. A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), regista 4.965 pessoas infectadas e 83 mortes, segundo os dados divulgados na terça-feira. (Jornal de Angola)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ver também

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker