ÁfricaCoronavírus-Covid19Destaques

Covi-19: África regista 207 mortos em 24 horas

África registou 207 mortos devido à Covid-19 nas últimas 24 horas, passando a um total de 31.701, em 1.313.219 casos de infecção, de acordo com os números mais recentes da pandemia no continente.

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas registaram-se, nos 55 Estados-membros da organização, mais 7.062 novos casos e houve mais 5.484 recuperados, para um total de 1.050.567.
O maior número de casos e mortos continua a registar-se na África Austral, com 691.089 infecções e 16.155 mortos. Só a África do Sul, o país mais afectado do continente, contabiliza 640.441 casos e 15.086 mortos.

O Norte de África, a segunda zona mais afectada pela pandemia, tem agora 254.487 pessoas infectadas e 9.115 mortos e na África Ocidental o número de infecções subiu para 165.666 e o de vítimas mortais para 2.483. Na região da África Oriental, o número de casos de Covid-19 é de 146.452 e 2.898 mortos, e na África Central estão contabilizados 55.545 casos e 1.050 óbitos.

O Egipto, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 5.560 mortos e 100.228, seguindo-se a Argélia, com 1.556 mortos e 46.364 casos. Marrocos contabiliza 75.721 infectados e 1.427 vítimas mortais.
Nos seis países mais afectados estão também a Nigéria, com 55.456 infectados e 1.067 mortos, e a Etiópia, que passou hoje os 60 mil infectados (60.784) e regista 949 mortos.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e a Guiné Equatorial em número de casos.
Angola regista 124 mortos e 3.033 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 mortos e 4.985 casos), Cabo Verde (42 mortos e 4.400 casos), Guiné-Bissau (39 mortos e 2.275 casos), Moçambique (28 mortos e 4.647 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 896 casos).
O primeiro caso de Covid-19 em África surgiu no Egipto em 14 de Fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África Subsaariana a registar casos de infecção, em 28 de Fevereiro. (Jornal de Angola)

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ver também

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker